Sebrae incentiva consumidores a comprar do pequeno

Sebrae incentiva consumidores a comprar do pequeno

No Dia da Micro e Pequena Empresa, lembrado hoje (5), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) chama a atenção para a campanha que incentiva os consumidores a comprar produtos e serviços de pequenos negócios. Segundo a entidade, esse tipo de empreendimento responde por 27% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos em um país) e por 52% do total de empregos com carteira assinada.

O Movimento Compre do Pequeno foi lançado em agosto e lista razões como a facilidade de acesso e o desenvolvimento econômico regional para incentivar o negócio. A ação inclui o site http://www.compredopequeno.com.br, que tem mais de 160 mil empresas cadastradas.

“Com o pequeno, você tem a possibilidade de fazer uma compra mais customizada”, afirma o gerente de atendimento do Sebrae, Enio Pinto. “Os donos dos pequenos negócios chamam você pelo nome, conhecem seus hábitos de consumo. A possibilidade de trazer satisfação é maior do que o das grandes corporações, porque os pequenos estão inseridos no dia a dia do bairro”, acrescenta.

O empresário Alexandre Batista Leite é dono de uma farmácia em Brasília há dez anos. Ele aponta a proximidade com os clientes como o principal diferencial dos pequenos e médios empresários. “Eu atendo principalmente os moradores da vizinhança. Sei o nome de todos, os remédios que eles precisam. A gente conversa, fala sobre futebol. Isso só os pequenos proporcionam.”

Para o aposentado João dos Reis, a relação de confiança entre empresários e clientes o fez escolher os pequenos negócios. “Aqui na farmácia do Alexandre eu posso, por exemplo, comprar e só pagar depois. E ele sabe do que eu preciso, deixa os produtos em casa sem cobrar nada.”

De acordo com o Sebrae, atualmente, o Brasil tem 10,3 milhões de micro e pequenas empresas no Supersimples. A maioria fica na Região Sudeste (50%), seguida do Nordeste (19%), Sul (18%), Centro-Oeste (8%) e Norte (5%).


Fonte: Agência Brasil

AJE/PI promove ações na 13ª edição do Feirão do Imposto

AJE/PI promove ações na 13ª edição do Feirão do Imposto

A Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em parceria com a AJE-PI, realizará no dia 12 de setembro de 2015, a 13ª edição do Feirão do Imposto no Piauí. A proposta é conscientizar a população sobre a carga tributária que incide em produtos e serviços no Brasil, alertar para os impostos que são cobrados no dia a dia e solicitar a correta, efetiva e transparente aplicação dos tributos em benefícios para a sociedade.

Estão previstas diversas ações de conscientização como venda de combustíveis sem impostos, comercialização de itens sem tributos e exposição de produtos com e sem valor de impostos em Stand montado no dia do evento no Teresina Shopping.

De acordo com o presidente da Associação dos Jovens Empresários do Piauí - AJE/PI, o Piauí sempre participou do Feirão do Imposto, mas este ano será a primeira vez que serão comercializados produtos sem a cobrança de impostos. "A parceria com algumas empresas possibilitará que a população se beneficie com essa ação que servirá, principalmente, como um alerta sobre as altas taxas de impostos cobradas no país", explicou.

A partir das 9h da manhã de sábado (12), quatro postos de combustível  de Teresina e um de Uruçuí, todos do grupo dos Postos Cacique, estará comercializando a gasolina com o valor, livre de impostos, por R$ 1,82, quase 40% mais barato do que o valor comercializado atualmente. 

 “Queremos impactar pessoas em todas as regiões do Brasil, mostrando a elas como funciona o sistema tributário brasileiro e o quanto cada uma paga de impostos neste País. O objetivo é ter cidadãos mais conscientes e que possam realmente lutar para que o País tenha uma carga tributária justa e que os impostos sejam recolhidos e retornem em benefícios para a população”, enfatizou o coordenador nacional do Feirão do Imposto, Renato Cortez,

Renato Cortez acrescenta que em 12 anos de realização do projeto, a Conaje, os movimentos estaduais e os parceiros já conseguiram alcançar importantes resultados para reduzir a carga tributária brasileira, além de conscientizar, a cada ano, uma grande parcela da população. Entre os resultados estão a Lei 12.741 (Lei da Transparência), que instituiu a discriminação dos impostos nas notas e cupons fiscais, e a Lei 12.839, que estabeleceu a retirada de impostos federais que incidem em produtos da cesta básica.

Em agosto de 2014, também foi sancionada a Lei Complementar 147/1, que universaliza o acesso ao Simples Nacional ou Supersimples. A lei prevê a unificação do pagamento de oito tributos cobrados pela União, estados e municípios das micro e pequenas empresas. Conhecida também como Lei da Micro e Pequena Empresa, a medida foi apoiada desde o início pela Conaje, que participou das articulações desde o lançamento do projeto até a sanção da lei complementar.

 

'Fico travada quando vejo o fio dental', diz Laís Ribeiro

'Fico travada quando vejo o fio dental', diz Laís Ribeiro

Eleita uma das dez novas angels da Victoria's Secret, a piauiense, Laís Ribeiro contava aninamada como foi gravar o filme de final de ano da Victoria's Secret ao lado de Adriana Lima, Alessandra Ambrósio, Elsa Hosk e Behati Prinsloo, só para citar alguns nomes.

— Gravamos em Roma com o Michael Bay, o diretor da franquia "Transformers". Ele fez nevar em pleno verão europeu. Ele tem a imaginação muito fértil. É um dos melhores de Hollywood — comentou Laís, sentada em seu camarim exclusivo no Senai Brasil Fashion, evento dedicado aos novos talentos da moda nacional. — Reparou que as coisas estão começando a melhorar? — brincou ela sobre o privilégio.

Laís entregou que a única angel que não esteve no set romano foi a sul-africana Candice Swanepoel.

— Mas a marca não deu detalhes sobre a sua ausência. Candice tem o melhor corpo. Que mulher é essa! — acrescentou a morena. — Também adoro a Jac Jagaciak. A gente grava e fotografa muito juntas, pois somos as mais altas.

Apesar de ter virado angel só agora, Laís Ribeiro já trabalha para a marca há cinco anos e é musa absoluta da linha Very Sexy, aquela em que as modelos posam com lingerie transparente e fio dental que deixa muito pouco para a imaginação.

— Eu fico travada quando vejo o fio dental, mas acabo fazendo. Estamos acostumadas e sempre estamos com a mesma equipe — disse a top, que estava curtindo férias com o namorado, o jogado de basquete americano Jared Homan, de 2,08 metros de altura. — Como o namoro está recente, a gente ainda se tolera. Vamos ver mais para frente.

Laís já esteve na Turquia, onde Homan joga, para acompanhar a performance do namorado:

— Acho importante mostrar interesse nas atividades de quem está comigo.

Fonte: O Globo

Artistas se unem para salvar TV Cultura de ser fechada

Artistas se unem para salvar TV Cultura de ser fechada

A TV Cultura vive um dos momentos mais difíceis da sua história. Prova disso é que na noite deste domingo dos pais, 09, ex atores e apresentadores da emissora vinculada à Fundação Anchieta publicaram um vídeo no Youtube pedindo a ajuda dos telespectadores para salvar a emissora de situações piores, como a interrupção de vez do seu sinal, fazendo um dos canais mais reconhecidos pela sua qualidade, simplesmente deixar de existir.

O vídeo intitulado 'Eu Quero a TV Cultura Viva' e entre as pessoas mostradas, tem o ator Luciano Amaral, um dos protagonistas do produto mais conhecido da TV Cultura, o 'Castelo Rá-Tim-Bum', que até virou filme e foi exibido em outros canais, como a Rede Globo de Televisão. Luciano lembra que diversos programas do canal simplesmente deixaram de existir, deixando a programação da TV Cultura "mais pobre". Dentre os programas lembrados está o 'Mundo da Lua' e o 'Vitrine', que fizeram muito sucesso na TV paulista.

Programas cancelados acendem alerta vermelho em canal paulista, que sempre foi conhecido pela alta qualidade em sua programação

O cancelamento de inúmeros programas tem deixado os paulistanos aflitos e com medo que a TV Cultura tenha o mesmo fim de outros canais, como a TV Manchete. A emissora de Adolpho Bloch encerrou suas operações no ano de 1999, quando deu lugar à RedeTV!. Antes da troca, no entanto, o canal enfrentava uma grave crise financeira e greves seguidas de funcionários. Movimento parecido vive a TV Cultura. Em uma recente greve, os profissionais do canal pediram que seus direitos trabalhistas fossem pagos. Dezenas de pessoas já foram demitidas.

O Sindicato dos jornalistas de São Paulo fará um ato público em frente ao canal paulista na tarde desta segunda-feira, 10. A situação financeira é tão ruim que até programas de grande audiência e não muito caros, como o 'Viola Minha Viola', que até então seria comandado por Lima Duarte, que continuaria contratado como ator na Rede Globo.

Mais de 40 mil famílias piauienses devolveram benefício do Bolsa

Mais de 40 mil famílias piauienses devolveram benefício do Bolsa

Não é de hoje que o Programa Bolsa Família é indispensável na renda de muitos brasileiros, mas a novidade é que o programa vem ajudando muitas famílias a mudarem de futuro, inclusive no Piauí. Dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) apontam que, em dez anos, mais de 40 mil famílias piauienses, que eram assistidas pelo programa, fizeram a devolução do benefício por não precisarem mais da ajuda do Governo.

O Bolsa Família funciona como um complemento para o sustento de famílias de baixa renda com acompanhamento, nas áreas de saúde e educação, das crianças, adolescentes e mulheres grávidas que recebem o beneficio. A família que decide fazer a devolução voluntária do auxílio indica que conseguiu superar as condições que enfrentava antes de ter acesso ao programa. “As estatísticas dessas devoluções ainda são números não muito elevados, pois é algo que vem sendo trabalhado e conscientizado em termo nacional, mas no Piauí já constam registros dessas devoluções”, acentua a diretora da Unidade de Gestão do Suas, Kalliandra Moura.

Dados divulgados pelo MDS mostram que as famílias que são, ou foram, assistidas pelo programa possuem menor índice de evasão escolar infantil, desemprego, partos prematuros e mortalidade de menores de cinco anos. Além disso, o valor mensal também é visto como uma oportunidade para o investimento no micro empreendedorismo e na maior participação das mulheres nas decisões do lar.

O programa faz parte de um acordo entre o Governo Federal, Estadual e Municipal. Por meio do MDS, a verba é destinada aos municípios de todo o país, a partir disso o Governo do Estado acompanha e monitora a execução do programa, que é feito em nível municipal. No Piauí, a verba recebida para o mês de julho/15 ultrapassa R$ 84 milhões, essa quantia é destinada a 446 mil famílias que são assistidas pelo programa.

Quem faz frente ao controle e ao monitoramento do Bolsa Família no Piauí é a Secretaria da Assistência Social e Cidadania (Sasc), que trabalha na supervisão e na capacitação das equipes que vão operar os serviços. Kalliandra Moura explica que é necessário desmistificar essa visão de que as famílias recebem o benefício simplesmente por receber.  “Nós estamos iniciando um processo mais intensificado de supervisão. Gradativamente, estamos atendendo por territórios, que são 11, até conseguirmos acompanhar de perto os 224 municípios do Piauí”, acentua a diretora.

Vale lembrar que as famílias cadastradas precisam passar pelo recadastramento a cada dois anos. Algumas famílias perdem o benefício por não ser mais perfil do programa ou por falta de atualização desse cadastro, mas por outro lado tem o beneficiário que faz a devolução voluntária, que é tão simples quanto o recadastramento.

Norma da ANVISA estabelece regras para salões de beleza

Muitas vezes, algo que parece tão inofensivo pode trazer grandes prejuízos para a saúde. O cuidado com as unhas, por exemplo. Caso o material utilizado para realizar o procedimento não tenha passado pela forma adequada de esterilização, pode contaminar uma pessoa com doenças graves, como micose, hepatites, AIDS, dermatoses, entre outras. 

Foi exatamente por isso que a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitáriatornou obrigatório o uso do Autoclave em Salões de Beleza. O equipamento de esterilização, segundo a Agência, é bem mais adequado e seguro que a estufa, normalmente utilizadas nos salões, pois como há uma trava, não dá para abrir a porta antes do término do ciclo de esterilização. 

Segundo o gerente da Vigilância Sanitária de Teresina, Francisco Cesáreo, são feitas vistorias regularmente em salões de beleza para constatar se as leis estão sendo cumpridas. "As empresas que forem flagradas descumprindo as regras da Anvisa são consideradas infratoras, correndo o risco de multa", explicou. 

Para evitar qualquer tipo de desconforto para o cliente ou para o salão, Cyntia Freitas, proprietário de um salão de beleza na zona leste de Teresina, não poupou esforços para garantir aos seus clientes um serviço de qualidade e, principalmente, que não oferecesse riscos a saúde. "Desde o início sempre utilizamos a autoclave e assim como a Anvisa recomenda, não reutilizamos nenhum dos materiais de limpeza pessoal. A luvas, máscaras, lixas e palitos de unha são todos descartáveis", enfatizou.   

Durante entrevista ao programa Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde, o dermatologista Lauro Lopes Filho,  explicou que mesmo que o material utilizado para fazer a limpeza das unhas seja de uso exclusivo,  é necessário passá-lo pelo autoclave pelo menos uma vez por semana. "Caso utilize os serviços de um profissional é necessário conhecer o ambiente de trabalho e o equipamento utilizado, para saber se é realmente confiável", finalizou.

Confira mais detalhes na matéria:

Fazenda Progresso e Empresa Norueguêsa promovem evento

Fazenda Progresso e Empresa Norueguêsa  promovem evento

A Yara Brasil Fertilizantes, empresa Norueguêsa líder mundial em Nutrição de Plantas, em parceria com a Fazenda Progresso promoveram, no sul do Piauí, um evento voltado exclusivamente para os produtores da região, com palestra técnica voltada a cultura do algodão na sede da fazenda no município de Sebastião Leal – PI.

O conceituado pesquisador Ciro Rosolem, da Universidade Estadual de São Paulo (Botucatu-SP) foi o responsável por profeir a palestra que abordou as tecnologias e soluções nutricionais para a cultura do algodão, um assunto de grande interesse para os produtores do cerrado piauiense.

Rosolem falou sobre técnicas nutricionais utilizadas para o melhor desenvolvimento das plantas, destacando a importância da adubação correlacionada a fisiologia de planta como ferramenta de manejo nutricional que pode favorecer o aumento da produtividade. Após a palestra foi realizado um coffee break para os participantes, que aprovaram a iniciativa dos organizadores.

Fonte e fotos: Uruçuí Fest

Escritório de advocacia em Teresina está recebendo currículos

Escritório de advocacia em Teresina está recebendo currículos

O escritório de advocacia Audrey Magalhães, localizado no centro de Teresina, está selecionando currículos para cadastro e futura contratação nas seguintes áreas:

Advogado (experiência: 02 anos de serviços comprovado em escritório);
Estagiário de Direito (com carteira da Ordem e Curso do Pje); 

Os currículos devem ser enviados para o e-mail: [email protected]

 

INSS recebe autorização para realizar concurso com 950 vagas

INSS recebe autorização para realizar concurso com 950 vagas

Depois de tantas especulações e incertezas finalmente o concurso do INSS foi autorizado. Serão 950 vagas, sendo 800 para Técnico e 150 para Analista do Seguro Social. O cargo de Técnico é para Nível Médio e Analista para Nível Superior. O INSS tem um prazo de 6 meses para liberar o edital, isso deve fazer com que ele saia no segundo semestre deste ano, até Dezembro de 2015. Outras áreas, como Perito Médico, estavam para ser aprovadas, mas devido a urgência de Técnico e Analista, foi liberado o edital somente para essas vagas. No total, o pedido era para 4.730 vagas, mas acabaram sendo aprovadas apenas 950. As outras vagas devem ser aprovadas ano que vem.  

A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (29).

Veja na íntegra portaria de Autorização do Concurso: 

O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência prevista nos arts. 10 e 11 do Decreto nº6.944, de 21 de agosto de 2009, resolve:

Art. 1º Autorizar, a nomeação de 150 (cento e cinquenta) candidatos aprovados para o cargo de Analista do Seguro Social, no concurso público realizado pelo Instituto Nacional do Seguro Social, autorizado pela Portaria MP nº 240, de 4 de julho de 2013.

Art. 2º A nomeação dos cargos a que se refere o art. 1º se efetivará a partir de julho de 2015, e está condicionado à:

I – existência de vagas na data da nomeação; e
II – declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e a sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Art. 3º A responsabilidade pela nomeação dos cargos de que trata o art. 1º será do Presidente do INSS, a quem caberá baixar as respectivas normas, mediante a publicação de portarias ou outros atos administrativos necessários.

Art. 4º Autorizar a realização de concurso público para o provimento de 800 (oitocentos) cargos de Técnico do Seguro Social e de 150 (cento e cinquenta) Analista do Seguro Social, com formação em serviço social, da Carreira do Seguro Social, do Quadro de Pessoal do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Art. 5º O provimento dos cargos a que se refere o art. 4º depende de prévia autorização, e está condicionado à:

I – existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público; e
II – declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e a sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes

Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Art. 6º Caberá ao Presidente do INSS a realização do concurso público e a verificação das condições prévias para a nomeação dos candidatos aprovados, sendo responsável por baixar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários.

Art. 7º O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado da data de publicação desta Portaria.

Art. 8º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Piauí é o 1º no ranking nacional de deputados com curso superior

Piauí é o 1º no ranking nacional de deputados com curso superior

Dos 1.059 deputados estaduais eleitos em 2014 (incluindo os 24 deputados distritais), 30% (313) não cursou faculdade.

Do total, 4% (46) têm somente o fundamental e 0,5% (cinco) são alfabetizados, leem e escrevem somente. Outros 24% (253) fizeram só o ensino médio.

Os estados do Piauí e Espírito Santo estão empatados em primeiro lugar no ranking nacional, com a maior porcentagem de deputados com curso superior, eleitos em 2014. Dos 30 deputados estaduais, 26 (87%) têm diploma de curso superior.

Os deputados estaduais com menor grau de instrução no país são os de Rondônia: dos 24 deputados estaduais, apenas sete (29%) têm o terceiro grau. Outros 11 (46%) parlamentares do Estado têm o ensino médio e seis (25%) têm somente o fundamental.

O Rio de Janeiro tem 53 (76%) dos 70 parlamentares com curso superior. Em São Paulo, são 69 (73%), contra quatro (5%) que cursaram somente o fundamental. Outros 21 (22%) parlamentares paulistas possuem o ensino médio.

Em Minas Gerais, 58 (75%) dos 77 deputados estaduais têm diploma de curso superior, enquanto 15 (19%) concluíram apenas o ensino médio.

A diferença de grau de instrução entre os deputados estaduais do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul são acentuadas. Enquanto 20 (84%) parlamentares do Mato Grosso do Sul cursaram faculdade, somente 11 (46%) deputados estaduais do Mato Grosso têm diploma universitário. Cada um desses dois Estados tem 24 deputados estaduais.

Sidebar Informações