Blogs

Ponto G
SIGA O 45GRAUS
Seg, 02-03-2009 ás 11:10:48

Dieta da sedução promete aumentar a libido sexual

Esqueça os medicamentos, sessões de terapia ou filmes pornôs. Melhor do que tudo isso para aumentar a libido e tornar o sexo mais prazeroso é seguir uma dieta baseada em alimentos crus e orgânicos. Pelo menos é o que afirma Alberto Peribanez Gonzalez, coordenador da Oficina da Semente e médico da Clínica de Medicina Integrativa de Campos do Jordão, em seu livro Lugar de Médico é na Cozinha - Cura e Saúde pela Alimentação Viva.

O clínico defende que uma alimentação saudável, sem produtos industrializados, pouca carne e, de preferência, com alimentos in natura, é capaz de melhorar e muito a qualidade da vida sexual de homens e mulheres. O segredo estaria na harmonia entre o emocional e o físico, o que ele chama de "alinhamento do sistema neuroendócrino". Resumidamente, quanto mais a pessoa estiver em contato com a natureza, melhor ela se sentirá e, a partir daí, terá mais disposição e mais facilidade em sentir prazer na hora do sexo.

Na verdade, não se trata de uma terapia alternativa ou mística, apenas enfatiza a importância de uma alimentação equilibrada e natural, que vai facilitar o bom funcionamento de todo o organismo, inclusive das gônadas, próstata, testículos, ovários, mamas, e demais órgãos que fazem parte da vida afetiva de uma pessoa.

Mas como nem tudo na vida é tão fácil, Gonzalez ressalta que não basta comer bem: é preciso viver bem, em contato com a terra, ar puro, água limpa... Enquanto grande parte dos moradores de grandes cidades ainda não tem como desfrutar de toda essa qualidade de vida, é possível ao menos tentar seguir a dieta indicada pelo médico. E os benefícios prometem ir além da vida íntima: Gonzalez garante que a alimentação viva cura desde diabetes à obesidade, hipertensão e até depressão crônica. "Está tudo interligado. Um simples suco matinal já ajuda a desintoxicar o corpo", comenta.

O que comer?
Néctares são uma ótima pedida, além de serem lúdicos e eróticos. Por exemplo, néctar de gengibre, noz moscada ou cardamumo (semente da Índia que parece com um pistache) agem nas mucosas e interferem no hálito, ativando o olfato e proporcionando um prazer ainda mais demorado, segundo o médico. O mesmo ocorre com o néctar da grama do trigo e de frutas cítricas, ótimos para a libido.

Para estimular a sensibilidade da pele, Gonzalez indica alimentos picantes e ervas. Experimente acrescentar açafrão, aipo, anis, menta, erva-doce, cravo-da-índia, manjericão, salsa e raiz forte nas receitas naturais, que irão ativar os sensores nervosos.

Outra dica para esquentar o encontro amoroso incluem sopas francesas, árabes e orientais que incluem esses temperos. A famosa sopinha pode ser um ótimo afrodisíaco - com a vantagem de não deixar a pessoa de barriga cheia. O gaspacho mexicano, por exemplo, é uma sopa fria com vegetais triturados no liquidificador. Outra opção é o creme de inhame com ervas, ou outras receitas com abobrinha, berinjela e brócolis.

A dieta de Gonzalez não recomenda o consumo de carne porque, segundo ele, a carne leva a um "comportamento sexual exagerado". Isso quer dizer que a carne é um poderoso afrodisíaco, mas pode conduzir a um desejo insaciável e à conseqüente insatisfação. A proteína animal da carne poderia ser substituída por peixe.

Mas muita calma: não é para sair preparando um coquetel de raiz forte na esperança de dar uma guinada na vida sexual. "Não existe afrodisíaco milagroso", adverte o especialista. A alimentação viva tem o objetivo de melhorar a saúde geral do organismo, que por sua vez irá responder melhor aos estimulantes naturais. "Com sorte, você nem precisará mais de estimulantes", brinca.

O que não comer
Tão importante quanto saber o que comer é saber o que não se deve ingerir. Alguns alimentos podem acabar com a libido, como o açúcar, os amidos e o álcool. De acordo com o médico, esses três agentes podem até causar uma explosão de desejo e bem-estar imediata - quem nunca recorreu ao chocolate para afogar as mágoas? No entanto, garante Gonzalez, uma vida inteira de açúcar/amido/álcool acaba por reduzir o desejo sexual.


Terra

Veja também