Editoria

Geral
SIGA O 45GRAUS
Seg, 24-08-2009 ás 14:00:43

INSS começa a pagar amanhã metade do 13º salário

O INSS confirmou que a metade do 13º dos segurados será paga a partir do dia 25 deste mês, de acordo com o calendário dos benefícios.

Porém, para quem recebe um auxílio-doença, o abono não será de 50% do valor do benefício. Para eles, cerca de 1,2 milhão de segurados no país, a primeira parcela do 13º será proporcional aos meses de recebimento do auxílio neste ano.

Um segurado que recebe, por exemplo, R$ 1.000 de auxílio-doença, concedido antes de janeiro de 2009, terá um abono de R$ 333,33. Se o benefício foi concedido no mês de março, a primeira parcela do 13º será de R$ 250.

Quem recebe aposentadoria ou pensão concedida a partir de janeiro de 2009 até o início deste mês também vai receber um valor proporcional na primeira parcela do 13º. No período, o INSS concedeu cerca de 845 mil aposentadorias e pensões.

Um aposentado ou pensionista do INSS com benefício de R$ 2.000 concedido em maio irá receber R$ 750 de 13º.

Apenas quem se aposentou nos primeiros dias de agosto vai receber a primeira do abono. Os demais irão receber o valor na segunda parcela.

Segunda parte

O restante do abono de quem recebe o auxílio-doença será incluído na segunda parcela do 13º com previsão de pagamento para o final de novembro e início de dezembro. Isso se o segurado estiver recebendo o auxílio-doença até lá. Caso o benefício seja encerrado antes, o segurado receberá o restante do abono de Natal na última parcela do auxílio-doença.

De acordo com o INSS, neste ano, a primeira parcela do abono será paga para 23,2 milhões de segurados no país. Em 2008, cerca de 22,1 milhões de segurados receberam a primeira parcela do 13º.

Calendário

O pagamento do abono começa no dia 25 para quem recebe até R$ 465 de benefício e tem cartão de pagamento com final 1. Até o final do mês, o INSS vai pagar a parcela normal do benefício e o abono para quem recebe até o piso e tem cartão de pagamento com final até 5.

A partir do dia 1º de setembro, começa o pagamento para quem recebe mais que R$ 465 ou tem cartão com final de 6 a zero.

Veja também