Editoria

Geral
SIGA O 45GRAUS
Qui, 20-08-2009 ás 20:01:30

Mais Educação promove oficina de rádio escolar

Os professores comunitários do programa “Mais Educação” e os oficineiros de rádios escolares de 16 escolas municipais de Teresina participarão, nos dias 22 e 29 de agosto, de oficina de capacitação promovida pela Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) em parceria com a Faculdade Santo Agostinho.

A capacitação visa otimizar a utilização das rádios escolares como ferramenta pedagógica na rede municipal de ensino, incentivando a prática da escrita e da oralidade entre os alunos e a formação de um bom gosto musical. O curso será ministrado pelo professor de Radiojornalismo da Faculdade Santo Agostinho, Geraldo de Castro Gomes, e será dividido em duas partes: a primeira com aula teórica será ministrada no dia 22, das 8h às 18h, na sede da Faculdade Santo Agostinho, bairro São Pedro, zona Sul de Teresina; e a segunda com aula prática será dia 29, das 8h às 12h, no Centro de Formação Professor Odilon Nunes, bairro Marquês.

“A rádio escolar é uma das oficinas de maior sucesso do programa Mais Educação, que amplia a jornada escolar dos alunos com atividades de reforço, esporte e cultura. Promover a capacitação é estimular o desenvolvimento dessas rádios na rede municipal como meio de fazer com que os alunos percebam a importância de obter informação de qualidade, desenvolvam a criticidade e ampliem seus conhecimentos sobre conteúdos abordados em sala de aula”, destacou Eliane dos Santos, coordenadora do programa.

Para a professora comunitária do “Mais Educação” na Escola Municipal Parque Itararé, Joana Eginalva, o curso subsidiará o trabalho que já é realizado e dará nova dimensão às rádios escolares: “A oficina nos dará o suporte necessário para criar a grade de programação das rádios, fazendo com que as utilizemos não só como ferramenta de comunicação, mas também como meio de despertar nos alunos o gosto pela informação e pelos estudos. A rádio escolar tem a proposta de divulgar eventos da escola e de transformar os conteúdos estudados em aula em dicas para o dia-a-dia. A locução é de responsabilidade dos alunos”, pontuou.

 

Semcom
 

Veja também