Editoria

Geral
SIGA O 45GRAUS
Sex, 18-06-2010 ás 16:00:00

Orkut segue líder no Brasil; Twitter e Facebook empatam

 O Orkut continua sendo a rede social mais acessada pelos brasileiros, de acordo com os números divulgados nesta semana pelo Ibope Nielsen Online. Com 26,9 milhões de visitantes únicos no mês de maio, a rede social do Google ainda tem larga vantagem sobre Facebook e Twitter, que aparecem empatados com 10,7 milhões.

Na comparação com o mês anterior, os três sites tiveram acréscimo de audiência. Em abril, foram 26,5 milhões de visitantes únicos no Orkut, 9,8 milhões no Twitter e 9,6 milhões no Facebook.

Os brasileiros são os internautas que mais acessam redes sociais no mundo, de acordo com uma pesquisa da Nielsen com base em dados de abril. São 86% dos usuários de internet do país presentes nas comunidades virtuais, que passam cerca de cinco horas por mês nesses sites.

De acordo com Cris Rother, diretora de negócios do Ibope Nielsen Online, houve um crescimento de 23% de usuários ativos na categoria comunidades (que inclui as redes sociais) no Brasil entre maio do ano passado e março deste ano – chegando a cerca de 37 milhões de pessoas.

Ao participar do evento Info@Trends, em São Paulo (SP), nesta quinta-feira (18), ela citou ainda que grande parte desses internautas navegam em mais de uma rede social quando acessam a web. Em pesquisa recente, cerca de 31% dos usuários que entraram pelo Orkut foram para o Facebook depois e 32% acessaram também o Twitter. Entre os internautas que começaram a navegação pelo Facebook, 86% também visitaram sua conta no Orkut e 52% a do microblog.  Ainda de acordo com os dados apresentados por Cris no evento, 51% dos usuários de comunidades virtuais pertencem às classes C e D.

Deopis do Brasil, os maiores usuários de redes sociais são os italianos (78% dos internautas estão nessas comunidades) e espanhóis (77%) dos usuários. Na Itália, o Facebook é um dos sites mais visitados. A rede social é, inclusive, mais popular que nos mercados de língua inglesa – Austrália, Reino Unido e Estados Unidos –, ao contar com 66% de usuários ativos, contra 63% do primeiro e 62% dos dois outros países. Apesar de sua expansão em muitos países europeus e de língua inglesa, o Facebook tem dificuldade para penetrar no Japão, onde só conta com 3% de usuários.



G1

Veja também