Ex-secretária de Barras assume secretaria em Batalha

Por: Rodrigo Antunes

A ex-secretária de saúde na gestão do prefeito Capote agora será secretária de saúde de Batalha. Gestão é alvo de investigação do Ministério Público Federal.

Ex-secretária de Barras assume secretaria em Batalha Ex-secretária de saúde de Barras, Lucinete Nunes. Foto: Longah

Saiu no Diário Oficial dos Municípios a portaria que nomeia a nova secretária de saúde do município de Batalha, Piauí.

Lucinete Nunes, que é ex-secretária de saúde de Barras na gestão do prefeito Edilson Capote (PSD), agora assume o cargo na cidade vizinha após uma onda de especulação em torno de quem ocuparia o cargo, já que a ex-secretária de saúde do município, Mônica Fortes Amorim, pediu exoneração do cargo nesta semana.

O imbróglio em torno da decisão é por conta de irregularidades constatadas pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS) durante a gestão da ex-secretária em Barras. Dentre as principais irregularidades encontradas pelo órgão, que faz parte do Ministério da Saúde, está uma série de obras que teriam recebido os recursos, mas nunca foram terminadas.

Até mesmo obras que não tinham sido concluídas foram inauguradas, e estão em funcionamento, oferecendo riscos aos usuários do sistema de saúde público. Em um caso bizarro encontrado pela auditoria do SUS, está o da UBS da localidade Esperança, que nunca teve a obra terminada, mas era apresentada pela gestão do ex-prefeito como obra concluída e até inaugurada.

O caso está sendo investigado pelo Ministério Público Federal, através da Procuradoria da República do Piauí. Durante a gestão do ex-prefeito Edilson Sérvulo, o Capote (PSD), passaram dois secretários de saúde, Antonio Carlos e Lucinete Nunes.

 

 

Sidebar Informações