Justiça Federal bloqueia bens do ex-prefeito Chico Marques

Por: Rodrigo Antunes

Decisão também abrange mais duas pessoas em caso de improbidade administrativa praticado pelo ex-prefeito de Barras. Prefeitura foi notificada nesta semana.

Justiça Federal bloqueia bens do ex-prefeito Chico Marques Ex-prefeito de Barras Chico Marques. Foto: reprodução rede social

A Justiça Federal bloqueou cerca de R$ 100 mil em bens do ex-prefeito de Barras, Chico Marques e da ex-funcionária da Prefeitura Municipal de Barras, Ada Rêgo Silva Carvalho e de Ana Carla Lustosa Monteiro.

A liminar assinada pelo juiz é de fevereiro deste ano, mas somente nos últimos dias é que a Prefeitura Municipal de Barras foi notificada.

A decisão foi do juiz federal Adonias Ribeiro de Carvalho Neto, da 3ª Vara da Justiça Federal no Piauí e se baseia em denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal que relata ato de improbidade administrativa praticado pelo então prefeito e conluio com Ada Rego Silva Carvalho, que tinha um cargo de confiança na prefeitura na época da gestão de Chico Marques.

O então prefeito teria contratado uma empresa de buffet que seria da servidora. Como ostentava um cargo na prefeitura, ela teria usado Ana Carla como ‘laranja’ para que o contrato fosse celebrado com dispensa de licitação e falsificação ideológica de documentos. Os recursos pagos para a empresa somam a quantia de R$ 100.382,22 e teriam sido pagos com recursos federais do Fundeb, do SUS e que seriam destinados para programas como Projovem, PAIF e PETI (assistência social).

O bloqueio determinado pelo juiz da 3ª vara da Justiça Federal se aplica a bens como veículos, imóveis e quantias em dinheiro em contas.

 

 

Sidebar Informações