Nível dos rios de Barras sobe 2 cm por hora após desvio de água da Barragem do Bezerra

Por: Francisca Pinto

Um plano de ação já foi realizado para proteger as famílias que moram nas proximidades dos rios no sentido de impedir que possa sofrer consequências mais graves

Nível dos rios de Barras sobe 2 cm por hora após desvio de água da Barragem do Bezerra Foto: reprodução Portal Longah

Com a liberação da água da Barragem do Bezerro, em José de Freitas, o nível da água dos rios de Barras subiu 8 cm no início da manhã desta terça-feira (10) e sobe mais 2 centímetros a cada hora. Diante da situação, foi criado na cidade um gabinete da crise, onde está a postos e monitorando em tempo real a situação dos rios.

Um plano de ação já foi realizado para proteger as famílias que moram nas proximidades dos rios no sentido de impedir que possa sofrer consequências mais graves. O Exercito Brasileiro chegou à cidade de Barras para acompanhar a cheia dos rios na região. No total, foram designados 46 homens, quatro caminhões e uma ambulância para dar suporte à ação.

Segundo o coordenador de comunicação da Prefeitura de Barras, Samuel Monte, é possível que a situação de 2009 se repita este ano. A previsão do tempo INPE/Cptec registra chuvas diariamente.

O governador Wellington Dias está trabalhando em conjunto com os municípios de Joca Marques, Luzilândia e Cabeceiras. “Fizemos um alerta em relação ao município de Barras. Em Teresina estamos acompanhando o Rio Parnaíba”, disse ele.

A situação, de acordo com o governador, requer cuidados já que a previsão é de mais chuva na região. “É uma situação que exige todos os cuidados. Ainda continua chovendo nesta região. Há previsões de chuvas para esta terça-feira, portanto, há necessidade de seguirmos acompanhando todas as equipes. A minha gratidão a todas as pessoas que estão atuando na área. Colocamos abrigo à disposição da comunidade e vamos seguir colocando todo o apoio”, finalizou.

 

Com informações do Portal Longah

 

 

Sidebar Informações