Boca Quente

Governadora é vaiada em lançamento de filme em Teresina

Ao agradecer a deputada Iracema Portela, Margareth Coelho foi vaiada por um grupo de espectadores no Teatro 4 de Setembro.

Governadora é vaiada em lançamento de filme em Teresina

Na noite desta segunda-feira (11) a governadora em exercício, Margareth Coelho (PP) terminou vaiada durante o lançamento do filme-documentário que mostra a vida do poeta piauiense Torquato Neto, no Teatro 4 de Setembro. O fato aconteceu durante a fala de Margareth, que agradeceu a deputada federal Iracema Portela e imediatamente foi vaiada aos gritos de ‘golpista’ por um grupo de espectadores que estava na plateia. Pelo visto, os ânimos ainda estão exaltados contra a deputada, que já havia sido alvo da mesma manifestação em um evento ocorrido na Assembleia Legislativa.

Deputados de oposição se reúnem com ex-ministro João Henrique

Grupo articula possível candidatura de oposição para fazer frente a Wellington Dias no próximo pleito.

Deputados de oposição se reúnem com ex-ministro João Henrique

Na manhã desta quinta-feira (07) deputados estaduais de oposição estiveram reunidos com o ex-ministro João Henrique Sousa (PMDB). A pauta do encontro não foi divulgada, porém, tendo em vista o contexto que se desenha nos bastidores da política, o grupo busca um nome para fazer frente ao governador Wellington Dias (PT) nas eleições do próximo ano. Apesar de grande parte do PMDB optar pela aliança com o governador, ultimamente cresceu a corrente dos que apostam em outro candidato, isso devido ao imbróglio da sigla com os Progressistas, que além da vaga de senador (Ciro Nogueira) agora querem a vaga de vice ao lado de Wellington.

Bancada do Piauí fica 'dividida' na votação da denúncia de Temer

Dos 10 deputados do Piauí, 5 votaram a favor de Temer e 4 contra. O deputado Marcelo Castro não participou da votação.

Bancada do Piauí fica 'dividida' na votação da denúncia de Temer

Na votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados, a bancada piauiense se comportou de forma diferente da primeira. Dos 10 deputados, foram 5 votos a favor do presidente e 4 contra com a ausência do deputado Marcelo Castro (PMDB). Essa é a segunda vez que o parlamentar não participa de votação de denúncia contra o presidente Michel Temer.

Veja abaixo como votou cada deputado:

Assis Carvalho – NÃO

Átila Lira – SIM

Fábio Abreu – NÃO

Heráclito Fortes – SIM

Júlio César – SIM

Paes Landim – SIM

Rodrigo Martins – NÃO

Silas Freire – NÃO

Projeto que aumenta impostos pode ser votado nesta quinta (26)

Na última terça-feira (24), o clima fechou, houve agressões verbais e muito bate boca entre oposição e governistas e a votação na comissão acabou sendo adiada.

Projeto que aumenta impostos pode ser votado nesta quinta (26)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Alepi deverá retomar nesta quinta (26) a discussão sobre o projeto do governo que aumenta as alíquotas do ICMS. Na última terça-feira (24), o clima fechou, houve agressões verbais e muito bate boca entre oposição e governistas e a votação na comissão acabou sendo adiada. Os governistas afirmam que a oposição está julgando o mérito do projeto, quando a função da comissão é julgar a constitucionalidade.

Matérias relacionadas:

Deputados batem boca em discussão de projeto que aumenta ICMS

Após confusão, votação de projeto que aumenta impostos é suspensa na CCJ

Evaldo Gomes diz que Robert o ameaçou durante sessão na CCJ

Bate-papo interessante durante sessão na Alepi

Blog Boca Quente

Bate-papo interessante durante sessão na Alepi

Durante alguns minutos uma roda de conversa formada por deputados, predominantemente de oposição, chamou atenção durante a sessão desta segunda-feira (16) na Alepi. Até parlamentares que não costumam ter conversas acaloradas durante as sessões estavam na conversa. A pergunta que não quer calar é: que assunto ‘prendia’ tanto os deputados na conversa, hein?

Vereador da bancada do amém usa espaço para 'bater' em W.Dias

Boca Quente

Vereador da bancada do amém usa espaço para 'bater' em W.Dias

Tem vereador na Câmara de Teresina que está mais preocupado em bater na gestão do governador Wellington Dias (PT) do que em propor melhorias para os munícipes da capital. Essa vereadora é da base aliada do prefeito Firmino, ou seja, é um dos muitos que entoam ‘amém’ para os projetos enviados pelo gestor para a casa, inclusive os muitos de criação de taxas e impostos pros teresinenses. Tem vereador de oposição rebatendo dizendo que a base é ‘engessada’ pelos interesses em cargos e outras benesses na gestão municipal e, na falta do que propor pra sociedade, usa o espaço que tem no parlamento municipal para desferir ataques a políticos de alas opostas. Queeeeima!!!!

Themístocles alfineta e diz que João Henrique deveria era trazer obras

Blog Boca Quente.

Themístocles alfineta e diz que João Henrique deveria era trazer obras

O deputado Themístocles Filho (PMDB), em entrevista a jornalistas, alfinetou o colega de partido, o ex-ministro João Henrique, que trava uma queda de braço com integrantes do PMDB do Piauí em busca de uma candidatura própria ao governo do estado. João Henrique não enfrenta só o posicionamento contrário da maioria de seu partido, ele também desafia os baixos números nas pesquisas de intenção de votos para 2018. Themístocles, experiente na política, simplesmente disse que seu colega deveria primeiro trazer mais obras para o Piauí antes de se candidatar a governador.

"Eu já disse para o ministro João Henrique, eu gostaria que ele trouxesse era obras para o Piauí, eu ficaria feliz e os piauienses também ficariam felizes. As entradas da nossa capital nenhuma é duplicada, então quem quer ser candidato a governador, como o João Henrique, que é amigo do presidente da república, talvez seja o cidadão mais ligado a ele no Piauí, porque não trazer recursos para o estado e depois iria para a briga eleitoral?", disse Themístocles

 

Sindicalista 'atravessa' discurso em audiência e fala pega mal

Blog Boca Quente

Sindicalista 'atravessa' discurso em audiência e fala pega mal

Pegou mal a fala de uma representante da CUT em audiência pública ocorrida na Alepi nesta sexta-feira (28). O tema era a privatização das empresas estatais Eletrobrás e Chesf, quando em meio ao discurso e a críticas ao governo, disparou contra o fim do imposto sindical em um contexto atravessado. Teve político presente que chegou a afirmar, in off e nos bastidores, que muitos dos sindicalistas presentes não estavam nem aí pro setor energético, estavam preocupados mesmo era com os ‘proventos’ tirados das entidades sindicais. Acaba não, mundão!

'Não fazemos torcida do quanto pior melhor' afirma Gustavo Neiva

Em conversa com o 45graus, o deputado estadual, Gustavo Neiva (PB), afirmou que essa não é a função da oposição e sim fazer críticas construtivas para o governo

'Não fazemos torcida do quanto pior melhor' afirma Gustavo Neiva

Durante discurso divulgado pela imprensa recentemente, a vice-governadora Margarete Coelho (PP) criticou a atitude da oposição em relação à crise econômica que vem se instalando no estado. Margarete denominou a torcida como “quanto pior melhor”.

Em conversa com o 45graus, o deputado estadual, Gustavo Neiva (PB), afirmou que essa não é a função da oposição e sim fazer críticas construtivas para o governo.

“O nosso trabalho de oposição, não é uma oposição de criticar por criticar, eu ouvi até declarações de algumas pessoas do governo de ‘quanto pior melhor’, pelo contrário, o que nós fazemos aqui são críticas construtivas e eu tenho certeza que a população entende como nós da oposição estamos entendendo. Por exemplo, a criação de cargos e coordenadorias é conveniente no momento de crise? Não, não é”, disse o parlamentar.

O deputado ainda acrescentou que neste momento é o governo que está ‘tocando o terror’ nos servidores ao comunicar que poderá haver um atraso de salários. “Então a oposição não esta aqui a plantar o pânico ou o terror, pelo contrario quem diz que pode atrasar os salários do servidor é o governo, nós estamos aqui é sugerindo ao governo que reduza a máquina administrativa em 50%”.

Leia também: MP recomenda redução de cargos do governo do Estado

 

Com informações do Política Dinâmica.

Suposta carta do PCC pede 'direitos' em 'diálogo pacífico'

Blog Boca QuenteCarta é compartilhada por agentes penitenciários ligados ao sindicato e pede saída do diretor da Casa de Custódia.

Suposta carta do PCC pede 'direitos' em 'diálogo pacífico'

Roda nas redes sociais uma suposta carta escrita por presos da Casa de Custódia pedindo uma alimentação digna e o direito a suas visitas, que estão temporariamente suspensas devido a greve dos agentes penitenciários do estado. Ao final, a carta é assinada pela facção criminosa que atua nos presídios do Brasil, PCC (Primeiro Comando da Capital). Apesar de tudo isso, o que admira mesmo é a boa caligrafia e português usado na escrita da carta, com pouquíssimos erros. Não que os presos necessariamente sejam somente pessoas que não dominem a escrita, mas é um tanto estranho esta carta surgir em meio a uma greve e esteja sendo compartilhada nas redes sociais por agentes penitenciários ligados ao sindicato, em momento de greve, com tamanha educação e sem nenhuma ameaça ao uso da violência... Bom, pra quem duvida, leia abaixo a carta e tire suas próprias conclusões.

Suposta carta do PCC para o governo do Piauí.

 

Sidebar Informações