Boca Quente

Themístocles alfineta e diz que João Henrique deveria era trazer obras

Blog Boca Quente.

Themístocles alfineta e diz que João Henrique deveria era trazer obras

O deputado Themístocles Filho (PMDB), em entrevista a jornalistas, alfinetou o colega de partido, o ex-ministro João Henrique, que trava uma queda de braço com integrantes do PMDB do Piauí em busca de uma candidatura própria ao governo do estado. João Henrique não enfrenta só o posicionamento contrário da maioria de seu partido, ele também desafia os baixos números nas pesquisas de intenção de votos para 2018. Themístocles, experiente na política, simplesmente disse que seu colega deveria primeiro trazer mais obras para o Piauí antes de se candidatar a governador.

"Eu já disse para o ministro João Henrique, eu gostaria que ele trouxesse era obras para o Piauí, eu ficaria feliz e os piauienses também ficariam felizes. As entradas da nossa capital nenhuma é duplicada, então quem quer ser candidato a governador, como o João Henrique, que é amigo do presidente da república, talvez seja o cidadão mais ligado a ele no Piauí, porque não trazer recursos para o estado e depois iria para a briga eleitoral?", disse Themístocles

 

Sindicalista 'atravessa' discurso em audiência e fala pega mal

Blog Boca Quente

Sindicalista 'atravessa' discurso em audiência e fala pega mal

Pegou mal a fala de uma representante da CUT em audiência pública ocorrida na Alepi nesta sexta-feira (28). O tema era a privatização das empresas estatais Eletrobrás e Chesf, quando em meio ao discurso e a críticas ao governo, disparou contra o fim do imposto sindical em um contexto atravessado. Teve político presente que chegou a afirmar, in off e nos bastidores, que muitos dos sindicalistas presentes não estavam nem aí pro setor energético, estavam preocupados mesmo era com os ‘proventos’ tirados das entidades sindicais. Acaba não, mundão!

'Não fazemos torcida do quanto pior melhor' afirma Gustavo Neiva

Em conversa com o 45graus, o deputado estadual, Gustavo Neiva (PB), afirmou que essa não é a função da oposição e sim fazer críticas construtivas para o governo

'Não fazemos torcida do quanto pior melhor' afirma Gustavo Neiva

Durante discurso divulgado pela imprensa recentemente, a vice-governadora Margarete Coelho (PP) criticou a atitude da oposição em relação à crise econômica que vem se instalando no estado. Margarete denominou a torcida como “quanto pior melhor”.

Em conversa com o 45graus, o deputado estadual, Gustavo Neiva (PB), afirmou que essa não é a função da oposição e sim fazer críticas construtivas para o governo.

“O nosso trabalho de oposição, não é uma oposição de criticar por criticar, eu ouvi até declarações de algumas pessoas do governo de ‘quanto pior melhor’, pelo contrário, o que nós fazemos aqui são críticas construtivas e eu tenho certeza que a população entende como nós da oposição estamos entendendo. Por exemplo, a criação de cargos e coordenadorias é conveniente no momento de crise? Não, não é”, disse o parlamentar.

O deputado ainda acrescentou que neste momento é o governo que está ‘tocando o terror’ nos servidores ao comunicar que poderá haver um atraso de salários. “Então a oposição não esta aqui a plantar o pânico ou o terror, pelo contrario quem diz que pode atrasar os salários do servidor é o governo, nós estamos aqui é sugerindo ao governo que reduza a máquina administrativa em 50%”.

Leia também: MP recomenda redução de cargos do governo do Estado

 

Com informações do Política Dinâmica.

Suposta carta do PCC pede 'direitos' em 'diálogo pacífico'

Blog Boca QuenteCarta é compartilhada por agentes penitenciários ligados ao sindicato e pede saída do diretor da Casa de Custódia.

Suposta carta do PCC pede 'direitos' em 'diálogo pacífico'

Roda nas redes sociais uma suposta carta escrita por presos da Casa de Custódia pedindo uma alimentação digna e o direito a suas visitas, que estão temporariamente suspensas devido a greve dos agentes penitenciários do estado. Ao final, a carta é assinada pela facção criminosa que atua nos presídios do Brasil, PCC (Primeiro Comando da Capital). Apesar de tudo isso, o que admira mesmo é a boa caligrafia e português usado na escrita da carta, com pouquíssimos erros. Não que os presos necessariamente sejam somente pessoas que não dominem a escrita, mas é um tanto estranho esta carta surgir em meio a uma greve e esteja sendo compartilhada nas redes sociais por agentes penitenciários ligados ao sindicato, em momento de greve, com tamanha educação e sem nenhuma ameaça ao uso da violência... Bom, pra quem duvida, leia abaixo a carta e tire suas próprias conclusões.

Suposta carta do PCC para o governo do Piauí.

 

PPP da Agespisa parece não importar para deputados

O assunto de grande relevância estadual parece não ter importância para a bancada estadual, pois durante o debate apenas quatro deputados estavam no plenário

PPP da Agespisa parece não importar para deputados

A discussão era a respeito do parecer do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre a decisão reafirmando a competência do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) para julgar o processo da subconcessão da Agespisa.

O assunto, de grande relevância estadual, parece não ter tanta importância assim para grande parte da bancada estadual. Durante a manhã desta quinta-feira (14), Robert Rios usou a tribuna para comentar a decisão, mas na ocasião quase todos os parlamentares se ausentaram do plenário, ficando apenas quatro.

A cena era decepcionante, apenas quatro parlamentares ficaram no plenário!! Diante disso fica o questionamento, com quem discutir o assunto já que a Casa estava completamente vazia?

Dois projetos importantes devem ser votados na Alepi em breve

Regulamentação do transporte público e criação de agência reguladora de serviços.

Dois projetos importantes devem ser votados na Alepi em breve

Dois projetos de lei que passaram recentemente pelas comissões da Alepi estão prontos pra serem votados em plenário. Um, que foi polêmica e muito questionado pela oposição, é o que regulamenta o transporte escolar municipal do estado. O artigo 8º foi motivo de intensa discussão entre oposição e governistas que, por fim, foi modificado após entendimento entre o relator do projeto, deputado Evaldo Gomes, a própria secretária de educação, Rejane Dias, e sua equipe jurídica, e deputados de oposição. Nesta quarta, o projeto foi aprovado na comissão de adminstração. Outro projeto que deve seguir para plenário nos próximos dias é o que cria uma agência reguladora de serviços estaduais. Nos próximos dias, os projetos devem entrar na pauta do plenário e serem votados pelos deputados. 

Bastante irritado, Robert se nega a votar vetos de W. Dias

De acordo com Robert, nenhum dos 14 suplentes votaria contra o Governo do Estado e, diante do fato, ele resolveu se abstiver das votações.

Bastante irritado, Robert se nega a votar vetos de W. Dias

Durante a sessão desta terça-feira (05), o deputado estadual Robert Rios (PDT) se recusou a votar vetos feitos pelo governador Wellington Dias (PT). O parlamentar afirmou que não votará mais nenhum dos vetos mandados a Assembleia Legislativa.

De acordo com Robert, nenhum dos 14 suplentes votaria contra o Governo do Estado e, diante do fato, ele resolveu se abster das votações.

“A partir de hoje, me nego a votar qualquer veto do Governador. Nós somos escravos do Governo, a Casa é do governador, pois temos 14 suplentes na assembleia e nenhum deles vai contra o governo”, disse.

'Americano' com nome de rei grego quer denunciar ex-vereador

Um informante misterioso de nome Alexandre e tenta publicar denúncia contra ex-vereador de Teresina. Que estranho, não?

'Americano' com nome de rei grego quer denunciar ex-vereador

Um informante misterioso está fazendo de tudo para que jornalistas publiquem uma denúncia contra um ex-vereador de Teresina. Ele usa um número internacional via WhatsApp, diz que mora nos Estados Unidos, se apresenta com nome com do antigo rei grego ‘Alexandre’ e usa uma foto do filósofo grego Aristóteles (que confusão, né?). Além de não dizer, nem revelar quem verdadeiramente é, ainda troca as informações que dá para os jornalistas . O ‘Alexandre’ já chegou a dizer até que mora no bairro Monte Verde para outro jornalista de Teresina.

Robert rebate crítica e desafia Ciro a participar da caravana de Lula

Deputado respondeu as críticas do senador de que a oposição é vazia e disparou o desafio no plenário da Alepi.

Robert rebate crítica e desafia Ciro a participar da caravana de Lula

Em uma fala, na manhã desta terça-feira (29), na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (Alepi), o deputado Robert Rios (PDT) respondeu as críticas do senador Ciro Nogueira a oposição ao governo na casa Legislativa. 

Robert se referia a declarações do senador para a imprensa afirmando que a oposição era vazia. Visivelmente irritado, o deputado Robert Rios afirmou que o senador atua para agradar o governador Wellington Dias (PT), e o desafiou a participar da vinda do ex-presidente Lula a Teresina.  provocação causou 

"Pra agradar o governador Wellington Dias, o senador disse que a oposição é vazia, e eu queria fazer um desafio ao senador Ciro. Senador Ciro é coligado ao Wellington, é amigo do Wellington, vive no Palácio de Karnak, viajando com o Wellington pra cima e pra baixo, pois o presidente Lula está chegando aqui no Piauí, com toda a caravana. Agora eu desafio o senador Ciro a ir ao aeroporto receber o Lula e desfilar com o Lula aqui nessa caravana. Aí eu digo que ele é mesmo amigo do PT, se ele for receber o Lula, desfilar no Lula, subir no palanque do Lula. Porque essa história de estar bem com o Temer em Brasília e estar bem com o Wellington em Teresina, é apenas um pé em cada governo, isso é que é vazio"

O deputado Júlio Arcoverde (PP) respondeu a crítica de Robert, que defendeu, de forma direta, o senador Ciro Nogueira, afirmando que a proximidade do senador com o governador se dá devido a busca por recursos para o estado.

Oposição vai para o 'front' contra Governo na Alepi

Discussão mais esperada deve acontecer nesta semana com a votação da lei que altera critérios acerca do transporte público escolar no estado

Oposição vai para o 'front' contra Governo na Alepi

Na última semana foi visível a constante atuação de deputados de oposição na Assembleia Legislativa do Estado.

Denúncias, requerimentos com cobranças e discussões acaloradas foram protagonizados pelos deputados, que tiveram de pronto resposta dos governistas em seus debates. Somente nesta quinta (24), o deputado Gustavo Neiva (PSB) cobrou o pagamento de empresas de transporte escolar no município de São Francisco do Piauí, Rubem Martins (PSB) cobrou o pagamento de parcelas do seguro-safra do estado em atraso e o deputado Robert Rios (PDT) criticou veemente a possibilidade de o governo do Piauí decretar emergência na segurança juntamente com outros estados do Nordeste.

A discussão mais esperada, e já ensaiada pelos deputados de oposição e governistas, é quanto a lei que altera critérios do transporte escolar no estado. A lei foi proposta após denúncias feitas pela imprensa local de que haveriam irregularidades no contrato do estado com empresas de transporte escolar do interior do estado.

Sidebar Informações