Vice de Fábio Gentil desiste de disputar eleição

Por: da Redação

Maiza Marinho apresentou sua desistência no último sábado (27) após ficar constatado que a mesma não possui filiação partidária.

Vice de Fábio Gentil desiste de disputar eleição Maiza Marinho e Fábio Gentil

Mais uma reviravolta envolvendo a oposição em Caxias. A candidata a vice da coligação "Caxias é do Povo", Maiza Marinho, anunciou desistência na chapa encabeçada pelo vereador Fábio Gentil (PRB).

O pedido de desistência foi apresentado pela candidata no último sábado (27) após a coligação "A Mudança Continua" pedir a impugnação de seu nome na chapa oposicionista por não possuir filiação partidária.  

Antes mesmo de uma decisão da juíza da 4ª Zona Eleitoral de Caxias sobre a situação da candidata, a mesma se adiantou e desistiu do pleito, como mostra o documento abaixo. A situação de Maiza já havia sido tema de matérias em blogs e sites maranhenses.

Maiza Marinho desiste de disputar eleição

A desistência de Maiza é mais uma dificuldade para o grupo do vereador Fábio Gentil (PRB), que ainda não alinhou as peças de sua chapa para seguir em frente na campanha. A coligação de Fábio Gentil também teve o pedido de impugnação feito pela coligação "A Mudança Continua" por conta do não registro do livro de ata junto a Justiça Eleitoral e pela entrega dos documentos fora do prazo estabelecido pela justiça, além de incompatibilidade de assinaturas dando indícios de que o PSol de Caxias tivesse 'simulado' a convenção partidária.

Nas rodas políticas de Caxias a especulação é de que o candidato a vice de Fábio seja Paulo Marinho Júnior. Com o anúncio da união das oposições em Caxias 'Paulinho' teve seu nome cotado para a candidatura a vice, devido a seu histórico político representando a família Marinho.

Vice sem partido

Após oficializarem união das oposições em Caxias, no final do mês de julho deste ano, os grupos do vereador Fábio Gentil (PRB) e do ex-prefeito Paulo Marinho definiram o nome de Maiza Marinho para pleitear a vaga de vice na oposição. Já no dia 18 de agosto, o 45graus noticiou que Maiza não constava na lista de filiados de nenhum partido político. Por estar fora do período de filiação, o fato inviabilizava o nome de Maiza na chapa e dificultava para a oposição a busca por uma composição competitiva para a disputa.

 

 

Sidebar Informações