Um Espião e Meio é a maior estreia da semana; confira -...

Um Espião e Meio é a maior estreia da semana; confira outras

Já para as crianças, a aposta é a animação Cantando de Galo, que conta a história do pequeno galinho Toto

Um Espião e Meio é a maior estreia da semana; confira outras Um Espião e Meio é a maior estreia da semana

Reunindo humor e ação, o filme Um Espião e Meio é a estreia mais aguardada da semana. Com direção de Rawson Marshall Thurber (Família do Bagulho), Um Espião e Meio estreia em 360 salas do circuito brasileiro e traz Kevin Hart no papel de um pacato contador que foi muito popular nos tempos de colégio e se reencontra com um antigo colega, que sofria bullyng na escola, através de uma rede social. O loser de antes se tornou o agente da CIA Bob, interpretado por Dwayne Johnson, que precisa da ajuda de Calvin (Hart) em um caso que envolve espionagem e informações ultrassecretas.

Já para as crianças, a aposta é a animação Cantando de Galo, que conta a história do pequeno galinho Toto, que irá provar seu valor tentando proteger a granja em que nasceu de um terrível fazendeiro. A comédia Perfeita é a Mãe, de Jon Lucas e Scott Moore (roteiristas da franquia Se Beber, Não Case!), estreia em 186 salas de cinema. Com a proposta de desmistificar os estereótipos sobre a maternidade, o filme conta com Mila Kunis, Kristen Bell, Kathryn Hahn, Jada Pinkett Smith e Christina Applegate no elenco.

A comédia dramática francesa A Viagem de Meu Pai (estreia em 18 salas), de Philippe Le Guay; o filme experimental nacional Brasil S/A (estreia em 17 salas), de Marcelo Pedroso. Em a Conexão Francesa, Jean Dujardin, de O Artista, interpreta um magistrado da polícia que tem como missão de vida derrubar uma máfia de traficantes de heroína que domina a cidade de Marselha.

Já a drama de época com toques de comédia Amor & Amizade, de Whit Stillman, estreia em 32 salas. Adaptação para os cinemas do livro homônimo da escritora Jane Austen, o filme acompanha a Lady Susan Vernon (Kate Beckinsale), uma mulher recém viúva da Inglaterra do século XVIII que, bela e espirituosa, é mal-vista pelas outras mulheres e cobiçada pelos homens. Ela busca refúgio na casa de seus sogros, onde começa pensar em um pretendente para si mesma e para sua filha.  A comédia francesa A Corte (circuito de salas não divulgado), de Christian Vincent, completam o circuito de lançamentos.

O clássico Rebecca, a Mulher Inesquecível, de Alfred Hitchcock, reestreia em 15 salas, com cópias restauradas.


Fonte: msn

 

 

Tópico: cinema

Sidebar Informações