Polícia de Codó registra primeiro homicídio do ano -...

Polícia de Codó registra primeiro homicídio do ano

A cidade teve seu primeiro homicídio do ano. Segundo testemunhas, a vítima estava sendo perseguida

Polícia de Codó registra primeiro homicídio do ano Delegacia Civil. Foto: Polícia Civil

Nesta segunda-feira (2), foi registrado o primeiro homicídio de 2017 em Codó. A vítima foi o Mailson Nogueira, de 19 anos, morador do Bairro Codó Novo.

Mailson foi assassinado com um tiro na cabeça. De acordo com testemunhas, a vítima trafegava pelo Morro da Televisão, quando foi baleada fatalmente. Ainda segundo as testemunhas o suspeito do assassinato já estava seguindo a vítima já havia um tempo.

O assassino utilizava-se de uma motocicleta no momento do crime, no qual a usou para empreender fuga.  O suspeito já foi identificado. A Polícia Civil já tem informações sobre o autor do crime, mas, não divulgou o nome para não atrapalhar as investigações.

O jovem Mailson já tinha passagens pela polícia.

Suspeitos de assassinados em Codó são presos pela polícia

Carlos Saraiva de Azevedo (Buchinho) tinha 22 anos quando foi assassinado com treze tiros no dia 25 de dezembro, após ser beneficiado pelo indulto de natal, onde presos com bom comportamento são agraciados em passar as festividades de final de ano em casa.

 

Após intensa investigação, o delegado Rômulo Vasconcelos, identificou os três irmãos suspeitos de ter praticado o assassinato.

Buchinho foi morto por engano, já que o principal alvo do trio era Bruno Feitosa, que estava com Buchinho no momento da execução. Bruno está hospitalizado na cidade de Peritoró, onde passou por complicações após a realização da cirurgia.

Após investigações, os irmãos foram presos. Trata-se de Edmilson dos Santos Silva e Ivanilson dos Santos Silva, que no momento da prisão, ambos negaram a participação no crime. No momento da prisão, os irmãos estavam portando armas.

O terceiro irmão encontra-se foragido e a polícia está em busca intensa para tirar mais esse assassino das ruas.

Os dois suspeitos estão presos e vão responder por homicídio qualificado, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

 

 

Sidebar Informações