Greve dos caçambeiros deixa Coelho Neto sem coleta de lixo

Moradores estão pagando uma taxa simbólica de 1 Real para terem seus lixo recolhidos na porta de casa.

Greve dos caçambeiros deixa Coelho Neto sem coleta de lixo Lixo acumulado. Foto: Samuel Bastos.

Com a derrota do seu grupo político para a Prefeitura de Coelho Neto, a cidade vive um verdadeiro caos na coleta de lixo.

Os caçambeiros que faziam as coletas de lixo diárias aderiram à greve por falta de pagamento de salários pela Prefeitura.  

O que agrava ainda mais a situação é o acúmulo de lixo que já se vê espalhado pela cidade. A Prefeitura tentou por diversas vezes uma negociação com os coletores de lixo, mas que não resultou em nada.

Os colaboradores alegam que a Prefeitura quer que eles trabalhem para depois receberem, o que seria injusto e nada confiável segundo os caçambeiros.

Quer coleta de lixo? Pague por ela

Para não ficarem sem receber salário para sustentar a família, os caçambeiros resolveram fazer o serviço de coleta de lixo “particular”. Os coletores resolveram cobrar uma taxa de R$ 1,00 (um real), por cada lixo amontoado recolhido, onde os moradores pagam pelo serviço.

“Isso é um absurdo, já pagamos tanto impostos e agora temos que pagar por uma coleta particular porque a Prefeitura não paga os servidores. Nossa cidade não merece os políticos que tem”, relatou uma moradora.

O que pode se tornar um caos ainda pior, como que a comunidade carente pode pagar por esse serviço?! Será mais fácil colocar o lixo nas ruas e aguardar o milagre da Prefeitura para pagar os caçambeiros.

 E pode piorar ainda mais

A Câmara de Vereadores de Coelho Neto irá analisar e votar três novos projetos que podem mudar a maneira que a Prefeitura administra o dinheiro.

Um dos projetos a ser discutido é o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos – PCCV dos colaboradores da saúde. O PCCV segue a Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF.

O que acontece é que esse plano não passou pelos servidores que serão beneficiados ou não pelo projeto.

Agora imagine se os servidores da saúde resolverem aderir também à greve?! Uma cidade sem coleta de lixo e sem serviço de saúde.

 

 

Sidebar Informações