As coisas que podem ser feitas com secreções humanas

Por: MC

Algumas pesquisas demonstraram que a saliva humana é capaz de produzir um dos analgésicos mais fortes do mundo: a opiorfina.

As coisas que podem ser feitas com secreções humanas Foto: Reprodução / O que pode ser produzido com secreções humanas

A indústria não perdoa mesmo. Muitas coisas podem ser feitas com secreções ou fluidos humanos. No post de hoje, selecionamos alguns desses produtos para você. Confira:
 
1. Saliva
 
Algumas pesquisas demonstraram que a saliva humana é capaz de produzir um dos analgésicos mais fortes do mundo: a opiorfina. Esse analgésico pode ser até seis vezes mais forte do que a morfina.
 
2. Placenta
 
A placenta materna, que fica ligada à parede do útero, envolvendo o bebê, é rica em hormônios e proteínas. Por isso, ela tem sido empregada por fabricantes de cremes que estimulam o crescimento de tecidos e reduzem as rugas.
 
3. Sêmen na Comida
 
Essa notícia é bastante nojenta! O cozinheiro Fotie Photenhauer criou e publicou receitas preparadas com sêmen humano. De acordo com o chefe, além de ser extremamente nutritivo, o sêmen também tem uma excelente textura, e vai bem com queijos e vinhos. Você encararia essa iguaria culinária?
 
4. Sêmen Antioxidante
 
A espermina, encontrada no sêmen masculino, tem sido considerada eficiente para a redução de rugas. Por ser um poderoso antioxidante, a secreção está sendo usada em tratamentos de beleza. A empresa norueguesa de cosméticos, Bioforskning, é uma das que já vendem produtos à base de esperma.
 
5. Sêmen para Depressão
 
Em 2002, um estudo revelou que o sêmen pode ter um efeito antidepressivo nas mulheres. Os autores relacionaram o efeito positivo aos hormônios presentes nesta secreção masculina, como os neurotransmissores, endorfinas e imunodepressores. Entre outras coisas, o sêmen tem cortisol, estrona, prolactina e oxitocina.
 
6. Sabonete de Leite Materno
 
Algumas pessoas têm produzido sabonetes hidratantes à base de leite materno. De acordo com os relatos, o leite é excelente para a pele. Será?
 

Com informações do Site de Curiosidade.

 

 

 

 

Tópico: Saúde

Sidebar Informações

Destaques