Cidade Junina acontecerá entre os dias 09 e 16 de junho

Por: Rodrigo Antunes

Com o tema “Cultura Popular”, em 2018 apresentará lendas piauienses, como Bumba meu Boi, Reisado, Cabeça de Cuia e Num se Pode.

Cidade Junina acontecerá entre os dias 09 e 16 de junho Quadrilhas irão participar do Cidade Junina. Foto: Divulgação

Neste ano, a Cidade Junina ocorrerá de 09 a 16 de junho, no estacionamento do Shopping Rio Poty, localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, em Teresina.  

O evento foi considerado Patrimônio Cultural do Piauí e já faz parte do calendário oficial do Estado. Totalmente gratuito, terá em sua programação diversos shows musicais e de humor, apresentações culturais, festival de quadrilhas, praça de gastronomia, parque de diversões e casamento coletivo.

Segundo levantamento do Momondo, buscador de passagem aéreas e hotéis, a Cidade Junina está entre as 07 maiores festas juninas do país. Em 2017, recebeu um público de mais de 315 mil pessoas.

Com o tema “Cultura Popular”, em 2018 apresentará lendas piauienses, como Bumba meu Boi, Reisado, Cabeça de Cuia e Num se Pode, que irão compor todos os espaços do evento.

“O Piauí é rico em diversidades e envolver a nossa cultura popular nos seus mais variados aspectos foi a forma que encontramos de valorizar ainda mais o que é nosso. Apresentação de lendas, danças, grupos culturais deverão passar pelos palcos da Cidade Junina e o público poderá conhecer e se envolver ainda mais com a nossa história e o nosso povo”, comentou Christianne Alencar, responsável pela organização do evento.

A grande novidade da 24ª edição é o I Concurso de Quadrilhas Juninas Escolares que pretende integrar estudantes de ensino fundamental e médio. “O evento já é conhecido por receber diversos universitários, que arrecadam fundos para suas formaturas durante a festa. Agora, com esse concurso, abrimos espaço para outros jovens. É importante que desde cedo os estudantes participem e aprendam a importância de uma festa tão bonita e tão nossa, como é o São João. Sem dúvidas, a juventude abrilhanta a festa”, disse Christianne Alencar. 

Ao todo, 14 escolas de diversas cidades do Estado se inscreveram e disputarão a premiação em dinheiro, de R$ 3.000 para o primeiro colocado, R$ 2.000 ao segundo e R$ 1.000 para o terceiro, além de troféus para os mais belos casais de noivos, Lampião e Maria Bonita e casal de matutos.

Já o tradicional Festival de Quadrilhas Juninas, que reúne grupos do Piauí inteiro, terá uma das maiores premiações entre os festivais juninos do país. O primeiro lugar na competição receberá o prêmio de R$ 10 mil reais, o segundo R$ 7 mil e o terceiro R$ 5 mil. O Festival de Quadrilhas Juninas premiará também os destaques que receberão notas específicas dos jurados, são eles: melhor marcador, melhor destaque e o mais belo casal de noivos.

O coordenador da Quadrilha Associação Cultural São João Dourado, Jânio Raphael, da cidade de Piripiri, explica que a seriedade do festival e a valorização dos quadrilheiros é o diferencial do Festival de quadrilhas piauiense. “A gente observa a seriedade que é trabalhada a cultura e o valor que é dado a nós. O festival nos trata como verdadeiros quadrilheiros e estamos ansiosos, pois é o maior do Piauí”. Sobre a empolgação e preparação para a apresentação, Jânio cometa. “A sensação de entrar na arena, depois de oito meses de ensaio, é uma mistura de dever cumprido e obrigação”, disse o quadrilheiro.

O evento é uma realização da Associação Cultural Maria do Amparo Alencar (AACEMA) com promoção do Clube Notícias.

Casamento Coletivo

Cerca de 200 casais celebrarão a união com efeito civil no sábado, 15 de junho, durante a Cidade Junina. A cerimônia é totalmente gratuita e contará com marcha nupcial, bolo e buquê para as noivas. A primeira etapa das inscrições aconteceu em abril e uma segunda etapa deverá acontecer em maio, por meio da Justiça Itinerante. O casamento coletivo é uma ação da Associação Cultural Maria do Amparo Alencar (AACEMA) e Tribunal de Justiça do Piauí.

 

Com informações da Ascom

 

 

Sidebar Informações