Dia do Teatro e do Circo é comemorado com vasta programação

Por: Francisca Pinto

A programação segue à noite, a partir das 18h, com a Feira de Dramaturgia, no Café Literário “Genu Moraes”

Dia do Teatro e do Circo é comemorado com vasta programação Espetáculo À Luz de Velas (Divulgação)

Uma vasta programação marca as comemorações pelo Dia do Teatro e do Circo, nesta terça-feira (27). O Ato 27 Ano IV começa a partir das 10h, no Teatro Sulica, na sede da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com a performance “Equilibrista Escola de Circo”, da Escola de Circo Ponto de Equilíbrio.

Em seguida, tem um bate-papo com a presença do secretário da Cultura, Fábio Novo, artistas e convidados. A partir das 15h tem o espetáculo “Sofismo”, no Teatro Torquato Neto, com Rick Lima, texto de Lorena Nôleto e direção de Maneco Nascimento.

No Theatro 4 de Setembro, a partir das 17h, tem o ensaio aberto voltado para alunos da rede pública do espetáculo “Diz-Ritmia”, da Oficina de Teatro Permanente Procópio Ferreira. A peça é baseada nos contos de Caio Fernando Abreu.

A programação segue à noite, a partir das 18h, com a Feira de Dramaturgia, no Café Literário “Genu Moraes”, com obras de autores como Aci Campelo, Wellington Sampaio, Siro Siris, Bernardo Aurélio, Walfrido Salmito, Isis Baião, Waldilio Siso, Avelar Amorim, Roberto Muniz Dias e Roberto Freitas. Durante o evento, haverá performances de teatro e de dança.

Na dança, tem a apresentação “Maluco Beleza”, com Felipe Oliveira, onde o artista dialoga com o rei do rock brasileiro, o cantor e compositor baiano Raul Seixas. A partir das 20h tem a performance de circo “Acroaéreo”, com o Projeto Escola de Circo OPEQ, no Theatro 4 de Setembro. Em seguida, tem o espetáculo “À Luz de Velas”, da Escola Técnica Estadual de Teatro José Gomes Campos, com direção de Chiquinho Pereira.

Inspirado nas obras “Palha de Arroz”, do escritor piauiense Fontes Ibiapina e “O Abajur Lilás”, do dramaturgo paulista Plínio Marcos, “À Luz de Velas” apresenta a realidade vivida por prostitutas que, oprimidas por seu cafetão, não sabem o valor de suas vidas. O roteiro de Valéria Lima e a direção de Chiquinho Pereira tem ainda a concepção de som de Roberto Portela e a sonorização de Emanuelle Vieira. No elenco, Angélica Araújo, Jéssica Santos, Valéria Lima, Evandro Lobão, Roberto Portela e Marinalda Pereira. A classificação é 14 anos.

Na Galeria de Arte “Nonato Oliveira”, no Club dos Diários, tem shows com as bandas Os Ordinários e Nuvem Cigana.

 

Secult

 

 

Sidebar Informações