Fifa anuncia venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018

Por: Francisca Pinto

A comercialização ocorrerá exclusivamente no site oficial da entidade e terá três fases diferentes, com subdivisões de datas e processos.

Fifa anuncia venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018 Ingressos para a Copa do Mundo de 2018/Foto: reprodução Globo Esporte

A Fifa anunciou nesta terça-feira (12) que a venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, começará na próxima quinta-feira, às 6h (de Brasília). A comercialização ocorrerá exclusivamente no site oficial da entidade e terá três fases diferentes, com subdivisões de datas e processos.

A fase inicial terá duas etapas: a primeira começa justamente na quinta e vai até o dia 12 de outubro. Nela, os fãs deverão solicitar as entradas que desejam e, ao fim do processo, um sorteio aleatório definirá quem ficará com cada ingresso - sem importar a ordem de solicitação, seja no primeiro ou no último dia do prazo. As respostas para estes pedidos sairão até o dia 16 de novembro, sejam elas positivas ou negativas. A segunda etapa da primeira fase ocorrerá entre 16 e 28 de novembro, quando os torcedores poderão solicitar novos ingressos. A diferença é que, nesta parte, importará a ordem dos pedidos: quem concluir o processo primeiro terá prioridade para conseguir as entradas.

A segunda fase de vendas acontecerá apenas após o sorteio dos grupos, em 1º de dezembro, com todos os participantes da Copa do Mundo já definidos. Em uma primeira etapa, a comercialização será aberta do dia 5 de dezembro a 31 de janeiro de 2018 - com os torcedores devendo realizar os pedidos de entradas que desejam. Um sorteio aleatório definirá os ganhadores, sem importar a ordem de solicitação. Na segunda etapa da segunda fase, que vai de 13 de março a 3 de abril de 2018, importará a ordem dos pedidos.

De acordo com a Fifa, todos os ingressos comprados nas duas primeiras fases serão entregues gratuitamente, a partir de abril ou maio do próximo ano. A terceira e última fase é chamada pela Fifa de "vendas de última hora" e acontecerá de 18 de abril a 15 de julho, dia da final da Copa do Mundo de 2018. Ela também acontecerá no site oficial da Fifa.

Os torcedores poderão escolher três tipos de ingressos no processo de compra: por sede, por seleção ou partidas individuais. No pacote por sede, os fãs adquirem entradas para todas as partidas de uma cidade específica, exceto jogo de abertura, quartas de final, semifinais e final. No pacote por seleção, os compradores conseguem entradas para acompanhar um time em até sete jogos (máximo de partidas que uma seleção disputa na Copa).

Os preços

Há quatro categorias de preço para as entradas da Copa do Mundo, mas apenas três são acessíveis para quem não mora na Rússia. A categoria 1 (mais cara) tem preços que varia de US$ 210 (R$ 653) a US$ 1100 (R$ 3.423); a categoria 2 tem ingressos custando de US$ 165 (R$ 513) a US$ 710 (R$ 2.210); e a categoria 3 possui entradas com preços variando de US$ 105 (R$ 326) a US$ 455 (R$ 1416). Os ingressos da categoria 4 são reservados para residentes no país sede e custam de 1.280 rublos (R$ 69) a 7040 rublos (R$ 380).

Todos os torcedores que adquirirem ingressos para as partidas da Copa do Mundo terão que solicitar, também, o Fan ID - espécie de passaporte de identificação dos torcedores, desenvolvido pelo Comitê Organizador Local (COL) do Mundial da Rússia e já usado durante a Copa das Confederações. Os fãs precisam de apenas um Fan ID para todo o torneio, e quem não estiver portando o documento não terá a entrada nos estádios autorizada. O Fan ID também pode servir como visto de entrada na Rússia durante a Copa do Mundo e possibilita aos torcedores o uso de transporte público gratuitamente entre algumas das sedes.

Além da seleção brasileira e da anfitriã Rússia, já têm vaga garantida na Copa da Rússia Irã, Japão, México, Bélgica, Coreia do Sul e Arábia Saudita.

 

Com informações do Globo Esporte.com

 

 

Tópico: Copa do Mundo

Sidebar Informações