Futebol: Philippe Coutinho se diz feliz por ajudar seu primeiro time

Por: Rodrigo Antunes

Com valor pago pelo Barcelona, Vasco poderá projetar outros investimentos para o ano de 2018.

Futebol: Philippe Coutinho se diz feliz por ajudar seu primeiro time Philippe Coutinho, novo contratado do Barcelona. Foto: AFP

A transferência de Philippe Coutinho do Liverpool ao Barcelona, por valores que podem chegar a 160 milhões de euros (R$ 633 milhões), renderá um bom dinheiro ao Vasco: o clube carioca tem direito a 2,5% do valor, cerca de 4 milhões de euros (R$ 15,8 milhões), por ter formado o craque nas divisões de base. Em sua apresentação no Barça nesta segunda-feira, o ex-camisa 10 dos Reds comemorou o fato de ajudar seu primeiro time:

- Está todo mundo muito feliz, esse tema também ajuda o vasco, que é um clube que eu tenho no coração no Brasil. Acredito que eles devem estar felizes por mim e por isso também, eu também fico feliz por eles e espero qye eles possam ser ajudados também - disse o craque.

Essa quantia, porém, não deve chegar de uma vez. O acordo estipula que o Barcelona pague 130 milhões de euros de imediato, com outros 30 milhões em variáveis, que, em tese, não serão difíceis de se alcançar.

Desta forma, o Vasco receberá, num primeiro momento, 3,2 milhões de euros - o Barça tem até 30 dias para pagar, contando do registro do jogador na federação local -, com o restante chegando a partir das metas alcançadas por Coutinho no clube catalão - e a posterior quitação do valor ao Liverpool.

A curiosidade é que o valor total (4 milhões de euros) é praticamente o mesmo da venda de Coutinho à Inter de Milão, em 2008. Por causa do câmbio, a quantia em reais é superior desta vez. Na primeira negociação, o Vasco recebeu R$ 10 milhões.

No orçamento de 2018, a previsão do Vasco é receber R$ 18 milhões através do mecanismo de solidariedade da Fifa. Boa parte desta meta será batida somente com a negociação de Coutinho.

Ao todo, o meia vai render R$ 26,8 milhões ao Vasco. Além das transferências para Inter de Milão e Barcelona, o clube havia recebido cerca de R$ 1 milhão quando ele chegou ao Liverpool, já como parte do mecanismo de solidariedade.

Com informações do GloboEsporte

 

 

Sidebar Informações