Bombeiros encontram corpo de um dos garotos que estava desaparecido no Rio Parnaíba

Por: Juliana Gomes

Um homem identificado como Everaldo Alves do Santos que banhava com a família no rio também se afogou na quinta-feira (15). Banhistas resgataram mãe e filhos.

Bombeiros encontram corpo de um dos garotos que estava desaparecido no Rio Parnaíba Três pessoas se afogaram no rio Parnaíba no mesmo dia.

O corpo de um dos garotos (Messias) que estavam desaparecidos no Rio Parnaíba foi localizada no final da manhã desta sexta-feira (16), por volta das 11h00min, nas proximidades da Ponte Metálica. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros em entrevista à TV Cidade Verde.

O Corpo de Bombeiros continua as buscas pelo corpo de Cauã, de 14 anos. Eles eram amigos e estavam desaparecidos desde ontem (15).

Atualizada 09:30:32

O Corpo de Bombeiros retomou as buscas na manhã desta sexta-feira (16) para encontrar dois garotos que morreram afogados na quinta-feira (15), nas águas do rio Parnaíba.  Além dos meninos de 11 e 14 anos, uma família de Timon (MA) se afogou no rio também na quinta-feira. A mãe e os dois filhos conseguiram ser resgatados, mas o pai, identificado como Everaldo Alves dos Santos acabou falecendo.

Segundo informações do tenente Miguel, do Corpo de Bombeiros, as buscas pelos corpos dos garotos serão realizadas até a localidade de São Domingos. “Nós vamos descer em buscas até São Domingos, porque provavelmente os corpos já se arrastaram um pouco, pois são crianças e a água é muito forte, então ‘andam’ muito”, afirmou.

Sobre a família, o sargento Valter contou que as quatro pessoas caíram em um buraco no rio Parnaíba, próximo ao troca-troca e que o pai acabou se afogando.

“Estava à família banhando, o pai, duas crianças e a esposa em uma área rasa. Em poucos instantes, as duas crianças e a esposa caíram em um buraco, ai eles entraram em pânico. Haviam alguns banhistas que conseguiram resgatar as duas crianças e a mulher, mas o homem não foi possível resgatar”, disse.

Ainda segundo o sargento, pouco tempo depois dois garotos que estavam banhando em outro ponto do rio também se afogaram próximo ao local que a família foi resgata. “Após 15 minutos, duas crianças que estavam banhando em uma outra prainha vinham descendo o rio quando caíram no mesmo buraco e morreram afogadas”, complementou.

O Corpo de Bombeiros alertou sobre os riscos de afogamentos nessa época no rio Parnaíba. De acordo com o tenente Miguel, o rio é traiçoeiro e a população deve evitar os banhos, já que não sabem onde estão localizados os buracos e nem tem ideia da profundidade das águas.

 

 

Sidebar Informações