Celular toca durante prova e candidato é desclassificado em concurso

Por: Allan Matos

Agentes Penitenciários: As pessoas foram autuadas em um trabalho realizado pela Secretaria de Segurança, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado.

Celular toca durante prova e candidato é desclassificado em concurso Secretaria de Segurança Pública.

Duas pessoas são desclassificadas do concurso da Secretaria de Justiça realizado na manhã deste domingo (19). As pessoas foram autuadas em um trabalho realizado pela Secretaria de Segurança, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), que avaliou a ação de forma satisfatória, sem graves alterações e mantendo a lisura do certame.

Segundo o delegado da GRECO, Kleydson Ferreira, os dois candidatos foram pegos em flagrante e desclassificados do certame por usarem “pescas” de papel durnte a aplicação da prova.

Houve ainda um caso envolvendo um celular que, segundo Kleydson Ferreira, estava lacrado e embaixo da carteira do estudante, que se esqueceu de desligar o aparelho e acabou desclassificado administrativamente do concurso, de acordo com as normas do edital.

O delegado relatou ainda reclamações de algumas pessoas por chegarem atrasadas ao local de prova são questões de caráter administrativo que não caracterizam crime que implique atuação da Polícia Civil.

Segunda aplicação do concurso

As provas do concurso da Sejus - objetiva e dissertativa – foram aplicadas na manhã deste último domingo (19). O certame é destinado à classificação de 400 candidatos e oferece salário inicial de R$ 5.966,14. De acordo com a Secretaria da Justiça, 75 classificados serão chamados, imediatamente.

Em novembro do ano passado, a prova foi aplicada, mas a polícia revelou um esquema de fraude que resultou na anulação. Com a nova aplicação da prova, o cronograma do concurso segue até setembro e a previsão é que ainda neste ano o governo convoque os primeiros colocados.

 

 

 

 

Sidebar Informações