Em nota, bar Bendito diz que deu suporte às feridas em tiroteio

Por: Francisca Pinto

De acordo com a nota, os 4 estavam realmente no estabelecimento, mas os tiros só foram ouvidos minutos depois que eles se retiraram do local.

Em nota, bar Bendito diz que deu suporte às feridas em tiroteio Bendito Boteco

O bar Bendito Boteco e Cervejaria, divulgou uma nota na manhã desta segunda-feira (19),  prestando esclarecimentos sobre o caso de um tenente do exercito ter matado a namorada com dois tiros e ferido duas mulheres nas proximidades do estabelecimento durante a madrugada.

De acordo com a nota, os 4 estavam realmente no estabelecimento, mas os tiros só foram ouvidos minutos depois que eles se retiraram do local. “Minutos depois foi ouvido disparos e pedidos de socorro das vítimas, mesmo já fora do no nosso estabelecimento demos suporte as mesmas e comunicamos as autoridades sobre o acontecido”.

Em outra parte da nota, a equipe comenta que está indignada com a falta de segurança e a morte uma cliente. “Estamos consternados e indignados pela morte inexplicável de uma de nossas clientes, a falta de segurança e principalmente por acreditarmos que bebida e arma de fogo não podem andar juntos mesmo quando se trata de pessoas com prerrogativas da lei”,.

Nota do Bendito publicada no Instagram. Foto: Reprodução rede social

Confira a nota:

Após as notícia da tragédia da noite passada e a divulgação que os mesmos estavam presentes no Bendito viemos a público para reforçar informações e explicar pontos que estão sendo divulgados erroneamente. As 4 pessoas envolvidas estavam sim em nosso estabelecimento, em nenhum momento foi notado por nossa equipe algum tipo de discussão ou exaltação entre eles, nem mesmo durante a saída deles do estabelecimento. Minutos depois foi ouvido disparos e pedidos de socorro das vítimas, mesmo já fora do no nosso estabelecimento demos suporte as mesmas e comunicamos as autoridades sobre o acontecido.

Estamos consternados e indignados pela morte inexplicável de uma de nossas clientes, a falta de segurança e principalmente por acreditarmos que bebida e arma de fogo não podem andar juntos mesmo quando se trata de pessoas com prerrogativas da lei. Essa tragédia é mais uma anunciada, várias casas noturnas já relataram algum tipo de problema com essa combinação (bebidas alcoólicas + arma de fogo). Esperamos e acreditamos na nossa justiça e que sejam tomadas medidas enérgicas para evitarmos novas tragédias anunciadas. 

 

 

Sidebar Informações