Estudantes piauienses conquistam 116 medalhas na OBMEP 2018

Por: Francisca Pinto

Este ano, das 15 medalhas de ouro, oito foram conquistadas pelos estudantes do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Augustinho Brandão, em Cocal dos Alves

Estudantes piauienses conquistam 116 medalhas na OBMEP 2018 Foto: divulgação

Os estudantes piauienses tiveram bom desempenho na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas - OBMEP de 2018. Ao todo foram 116 medalhas, sendo 15 de ouro entre alunos de escolas públicas (10 medalhas) e escolas privadas (5), 28 de prata, 73 de bronze e 573 menções honrosas. Este ano, o Piauí foi o terceiro do Nordeste e o 12º do Brasil em número de medalhas de ouro conquistadas por alunos da rede pública.

O resultado da 14ª edição da OBMEP revela que o estado superou os números do ano passado, quando o Piauí conquistou 14 medalhas de ouro, 24 medalhas de prata, 61 medalhas de bronze e 570 menções honrosas.

Este ano, das 15 medalhas de ouro, oito foram conquistadas pelos estudantes do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Augustinho Brandão, em Cocal dos Alves. As demais medalhas de ouros da rede pública foram de escolas de Teresina e Oeiras, além de cinco medalhas de escolas particulares.

A diretora do Augustinho Brandão, Aurilene Vieira, conta que a relação dos alunos da escola com a matemática sempre foi boa. "Ficamos felizes com o resultado, que tem como principal agente o professor Antônio Amaral. A nossa escola já tem tradição nos concursos de matemática, é até mesmo reconhecida pelos bons resultados na disciplina. Os alunos da escola já sentem como se essas competições e olimpíadas fossem algo natural, mas cada vitória é comemorada como a primeira", afirma.

Os resultados são comemorados pelo secretário Hélder Jacobina, que enaltece o empenho dos estudantes piauienses. "Quero parabenizar todos os estudantes premiados e, em especial, os alunos da rede estadual que mais uma vez, foram vitoriosos e colocaram a Educação do nosso Estado entre as melhores do Brasil. Somos o terceiro estado do Nordeste com o maior número de medalhas de ouro entre as escolas públicas, ficando atrás apenas do Ceará, que conquistou 15 medalhas e Pernambuco, com 12. A gente tem que parabenizar a dedicação dos professores, diretores e também dos pais, por acreditarem no potencial do filho e na instituição pública de ensino" comentou o secretário.

Helder Jacobina destacou também os investimentos do Governo do Estado para melhorar ainda mais o ensino ofertado pela rede pública. "Essa gestão aposta na educação. Nosso governador acredita que a mudança só acontece por meio do estudo. Por isso, conseguimos implementar projetos como Pacto pela Aprendizagem, Mais Matemática, conseguimos qualificar professores, reformar escolas e garantir um ensino de qualidade, que pode ser percebido em resultados com a quantidade de medalhas das olimpíadas de matemática e outros prêmios que nossos alunos têm conquistado", ressaltou.

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área. Participam dos testes alunos do ensino fundamental e médio, entre 12 e 17 anos de idade.

Confira no site http://www.obmep.org.br/ o resultado geral da OBMEP 2018.

 

Ascom Governo do Piauí

 

 

Sidebar Informações