Garoto de 11 anos passa mal após ingerir bala oferecida por estranho

Por: Bruna Ferreira

O bombom de cor vermelha supostamente foi envenenado. O menino está com sintomas de sonolência extrema e tem convulsões desde terça-feira (18)

Garoto de 11 anos passa mal após ingerir bala oferecida por estranho A criança de onze anos de idade teria desmaiado após consumir uma bala

Um menino de 11 anos de idade está com sintomas de sonolência extrema e teve convulsões, desde a última terça-feira (18), após consumir uma bala oferecida por um estranho a caminho da escola, que fica localizada no Planalto Ininga, zona leste de Teresina.

O Conselho Tutelar acompanha o caso, onde o bombom de cor vermelha, foi supostamente envenenado. De acordo com o conselheiro tutelar Djan Moreira, quando o garoto chegou à escola, os professores notaram a situação e o levaram para casa, de lá, o acompanharam para o Hospital do Satélite.

A delegada Luana Alves, da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA), declarou que a criança pode ter ingerido algum tipo de droga, no formato de bala. Além disso, ela informou que, durante o depoimento, a criança teria revelado que essa não seria a primeira vez que a bala teria sido oferecida a ela.

De acordo com a Luana, o caso está sendo investigando, inicialmente, como a disponibilização de drogas a criança e adolescente, presente no artigo 243 no Estatuto da Criança e do Adolescente, causando detenção de 2 a 4 anos. 

O garoto foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina para a realização do exame toxicológico e está internado em uma unidade hospitalar da Zona Leste.

Nesta quinta-feira (20), a mãe da criança compareceu ao Conselho Tutelar da zona Leste para conversar com os conselheiros, quando o menino caiu no meio da sala e começou a ter convulsões. Desde a terça-feira, ele acorda e dorme novamente. Hoje o Samu foi chamado e ele foi levado para a UPA do Renascença, onde permanece internado.

 

 

Sidebar Informações