Governo nomeia 10 novos Procuradores do Estado

Por: Rodrigo Antunes

Nomeação vem após pedido da Procuradoria para agilizar o andamento de grande volume de processos no órgão.

Governo nomeia 10 novos Procuradores do Estado Procuradoria Geral do Estado. Foto: CCOM

Nessa terça-feira (18), o governador Wellington Dias assinou a nomeação de dez novos procuradores do Estado. Segundo o governo, a medida tem por objetivo atender à demanda da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que agora passará a contar com um total de 80 procuradores.

A decisão vem após pedido de representantes da Procuradoria, que alegava estar com dificuldades diantes do grande volume de processos. O encontro aconteceu no dia 30 de março deste ano com o secretário de Governo, Merlong Solano. A solução apresentada foi o chamamento de aprovados em concurso realizado no fim do ano de 2014, cujo resultado foi divulgado em 2015.

“A nossa expectativa é reforçar o trabalho da PGE, que exerce um serviço de extrema importância para a administração pública, tais como defender o Estado nas demandas judiciais e apreciar todos os processos administrativos, licitações, processos disciplinares, consultas tributárias, enfim, cuidar de que os atos do governo estejam todos de acordo com a lei”, destacou Merlong Solano.

O procurador-geral do Estado, Plínio Clerton, comemorou a decisão. “A nomeação de dez novos procuradores tem importância fundamental para o Piauí, pois significa o fortalecimento das atividades de atuação judicial, como, por exemplo, a cobrança da dívida ativa, ao lado do fortalecimento da capacidade de melhoria do serviço público prestado aos administrados nos processos que necessitam de conhecimento jurídico”, frisou Clerton.

Os novos procuradores são:

1. Sergio Sousa Silveira;
2. Francisco Evaldo Martins Rosal;
3. Saul Emmanuel de Melo Ferreira Pinheiro Alves;
4. Livio Carvalho Bonfim;
5. Matheus Souza Galdino;
6. Humberto da Costa Azevedo;
7. João Marcello Madeira de Vasconcelos;
8. Jorge Lucas de Sousa Leal Lopes;
9. Paulo Ferdinand Fernandes Lopes Júnior;
10. João Eulálio de Pádua Filho.

Com informações da CCOM

 

 

Sidebar Informações