Suspeito de planejar sequestro de tesoureira do BB é preso

Por: Bruna Ferreira

O crime aconteceu no dia 14 de fevereiro deste ano em Teresina. Acusado ostentava casa de luxo e estava em orgia no momento da abordagem policial.

Suspeito de planejar sequestro de tesoureira do BB é preso Leonardo Oliveira da Costa foi preso em um sitio próximo a Caxias - MA

Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu, na madrugada desta quinta-feira (16), Leonardo Oliveira da Costa (Leo Gordim), acusado de planejar o sequestro da tesoureira do Banco do Brasil, que aconteceu no dia 14 de fevereiro deste ano.

A prisão aconteceu em uma festa particular em sítio de luxo, localizado no povoado Campo Grande, no Maranhão. Outros três homens também foram levados a delegacia do Greco, autuados por porte ilegal de arma restrita e associação criminosa. De acordo com a polícia, com Leonardo, estavam mais onze pessoas, cinco homens e seis mulheres.

Na residência, a polícia apreendeu três pistolas, uma submetralhadora de posse da Polícia Militar do estado do Pará, uma calibre 12, uma espingarda de ar comprimido e munições em geral.

A ação de sequestro dos bandidos, no dia 14 de fevereiro, aconteceu quando a vítima chegava a sua residência. Segundo informações da polícia, a mulher, seu namorado e filhos foram feitos reféns durante a ação e só foram liberados na manhã do dia 15.

De acordo com o coordenador do Greco, delegado Willame Moraes, Leonardo é o grande mentor da quadrilha onde, após investigações, foi concluído que ele que recrutou as pessoas para o crime e arquitetou cada detalhe. Ele também foi preso em festa semelhante em um motel da capital há mais de um mês.

Contra o suspeito, há pelo menos três mandados de prisão em aberto. Dessa vez, ele deve responder por associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Todos os presos serão ouvidos na sede do Greco, zona Sul de Teresina.

Armas encontradas na casa do acusado. Foto: PC/PI
Acusado mora em casa luxuosa. Foto: Polícia Civil

 

 

Sidebar Informações