Maternidades solicitam doação de leite para alimentar bebês prematuros

Por: Francisca Pinto

O objetivo é aumentar o estoque do alimento, essencial para a nutrição e recuperação de bebês prematuros internados em unidades de cuidados intermediários.

Maternidades solicitam doação de leite para alimentar bebês prematuros Foto: Ascom

As Maternidades da Prefeitura de Teresina, localizadas no bairro Dirceu, Satélite e Buenos Aires, solicitam ajuda das mamães teresinenses que estejam amamentando para que façam doação de leite humano. O objetivo é aumentar o estoque do alimento, essencial para a nutrição e recuperação de bebês prematuros internados em unidades de cuidados intermediários.

A diretora geral da Maternidade Wall Ferraz, Mércia Cassandra, explica as condições para que as mulheres possam se tornar doadoras de leite: “Para ser uma doadora, a nutriz precisa estar saudável, amamentando o seu filho e ter uma produção além das necessidades dele, pois vai doar o excedente. Ela então vai a um posto de coleta de leite, faz cadastro e recebe as orientações necessárias sobre a doação”.

Louyse Lane, mãe do Nícolas Miguel, que nasceu prematuro, relata que o seu filho tem precisado do leite materno disponível na Maternidade Wall Ferraz, serviço que ela avalia como essencial: “É super importante. No meu caso, o meu bebê nasceu com 25 semanas e eu não tive produção de leite. Eu me senti muito frágil enquanto mãe. Ele está internado há dois meses e necessita desse alimento, então utilizamos o do banco de leite”, relata.

Todas as maternidades contam com sala de coleta de leite materno. Estes locais, além de serem responsáveis pela coleta de leite humano, realizam atividades de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Além disso, também recebem doação de frascos para coleta, que devem ser de vidro, com boca larga e tampa plástica, como os de Nescau ou maionese.

 

Ascom Prefeitura de Teresina

 

 

Sidebar Informações