Mulher é acusada de matar filhos recém-nascidos e jogar em matagal

Por: Francisca Pinto

A jovem Hildelene negava a gravidez e para esconder a barriga, utilizou duas cintas durante a gestação. A mulher foi denunciada pelo Conselho Tutelar.

Mulher é acusada de matar filhos recém-nascidos e jogar em matagal Foto: reprodução Portal Tribuna 316

Nesta quarta-feira (07) uma mulher, identificada como Hildelene de Sousa Lima, de 26 anos, foi denunciada pelo Conselho Tutelar sob acusação de ter jogado os filhos recém-nascidos em uma região de mato para esconder a gravidez da família, em Curralinhos.

A jovem Hildelene negava a gravidez e para esconder a barriga, utilizou duas cintas durante os nove meses de gestação.

De acordo com familiares, na noite de terça-feira (06), ela teria entrado em trabalho de parto e se deslocou até uma região de mata, próximo a sua residência. A mãe da acusada percebeu a movimentação da filha voltando do mato e correndo ensanguentada para dentro do banheiro da casa e pediu para seu filho ir até o local de onde a mulher tinha saído, lá ele encontrou um casal de gêmeos enrolados em uma toalha.

A acusada comentou com familiares que ela teria sofrido um aborto espontâneo, mas como ela sempre negou a gravidez, familiares desconfiam que ela teve um parto natural, e para manter a mentira, resolveu matar as crianças.

Hildelene e sua mãe estão internadas no Hospital da cidade de Demerval Lobão. Os bebês foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML), onde passam por perícia.

 

Com informações do Portal Tribuna 316

 

 

Sidebar Informações