Museu de Letras do Piauí é inaugurado em Amarante

Por: Veridiana Carvalho

No acervo contará com o quarto completo do escritor e historiador Odilon Nunes e objetos do poeta Da Costa e Silva

Museu de Letras do Piauí é inaugurado em Amarante Fotos: Ascom

A vice-governadora Regina Sousa inaugurou, neste domingo (27), as instalações do Museu de Letras do Piauí, no município de Amarante. O mais novo museu do Estado passa a funcionar na antiga Casa de Odilon Nunes e segue uma tendência moderna de interação com os visitantes.

No acervo contará com o quarto completo do escritor e historiador Odilon Nunes, objetos do poeta Da Costa e Silva e várias salas homenageando diversas manifestações da escrita piauiense. A Sala Azul será dedicada aos poetas. Haverá ainda salas exclusivas para os povos indígenas, com destaque para a obra de Mandu Ladino. O espaço também conta com homenagem ao acadêmico Anfrísio Castelo Branco; Sala dos Historiadores; Sala do Ciclo do Couro, sobre a labuta do vaqueiro; Sala do modo de falar piauiense; e uma outra destinada aos negros.

“Para montar todo esse acervo foi desenvolvido um trabalho que se estendeu por sete meses e tivemos o suporte de um conselho curador, formado por representantes da Universidade Federal do Piauí, da Universidade Estadual do Piauí, da Fundação Dom Quixote e de outros segmentos da literatura. Com esse suporte foi possível desenvolver esse trabalho de uma forma mais consistente e com mais propriedade”, disse Paulo Vasconcelos, curador do museu.

O espaço conta ainda com o Café com Letras e uma pequena lojinha com obras dos autores homenageadas. “Aqui temos ainda o piauiês, uma linguagem própria e única da nossa terra. O que tem de melhor da expressão da literatura piauiense e os nossos grandes escritores podem ser encontrados aqui. Estou muito feliz de encerrar minha gestão entregando esse equipamento para Amarante, Piauiense e Brasil”, pontuou o secretário de Cultura, Fábio Novo.

 
 

 

 

Sidebar Informações