Procon realiza fiscalização em postos de combustíveis após aumento repentino de preços

Por: Veridiana Carvalho

De ontem pra hoje o Procon recebeu uma média de 60 reclamações, todas relacionadas ao aumento dos preços do combustível

Procon realiza fiscalização em postos de combustíveis após aumento repentino de preços Fotos: Ascom Semdec

Após o aumento repentino no preço da gasolina durante esta semana, e que pegou de surpresa muitos teresinenses, o Procon Municipal realizou nesta sexta-feira (25), fiscalização em diversos postos de combustíveis da cidade. O litro da gasolina que custava em média R$ 6,68 ainda na quarta-feira (23), subiu para R$ 7,29.

“Essa nossa visita a princípio é para tentar entender o porque do aumento do valor dos combustíveis, uma vez que não houve informação da Petrobrás ou da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), quanto a reajustes. Esse é um questionamento que os teresinenses precisam saber”, pontua a Coordenadora do Procon, Nara Cronemberger.

Ainda, segundo Nara, de ontem pra hoje o Procon recebeu uma média de 60 reclamações, todas relacionadas ao aumento dos preços do combustível. “Essas reclamações nós recebemos pelo e-mail e logo em seguida são registradas no ProConsumidor. Com essa grande demanda fomos instigados ainda mais a ir a campo para fiscalização”, afirma.

As empresas fiscalizadas e que tiveram esse reajuste no preço dos combustíveis receberam um auto de constatação e advertência, e têm até 10 dias para apresentarem as suas justificativas ao Procon Municipal. Caso não seja formalizada a defesa, a multa pode variar de R$ 817 até R$ 12.240 milhões.

Para o advogado de um desses postos de Teresina, e que passou pela fiscalização, esse aumento justifica-se devido ao reajuste do fornecedor. “Não recebemos combustíveis somente da Petrobrás, mas também de fora do país, e já chegou com reajuste, o que consequentemente influenciou no valor atual”, esclarece o advogado.

Denúncias e reclamações ao Procon Municipal

O consumidor que desejar fazer alguma reclamação ou denúncia pode formalizá-las junto ao Procon Municipal através do email: proconteresina@gmail.com, com um resumo da reclamação em anexo, além de uma cópia do RG, CPF, comprovante de residência e demais documentos relativos à reclamação. Caso necessário, pelo número: 3216-3041 é possível também agendar o atendimento presencial no órgão.

 

 

Sidebar Informações