Strans aumenta frota em corredores de integração da zona sul

Por: Rodrigo Antunes

Durante o dia de ontem (19), equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito monitoraram o andamento do sistema e identificaram os problemas.

Strans aumenta frota em corredores de integração da zona sul Ônibus no terminal da zona sul de Teresina. Foto: Semcom

Neste segundo dia útil de operação do novo sistema de transporte público, o Inthegra, a frota de ônibus que serve ao Corredor Sul e ao Terminal do Itararé, zona sudeste, teve um incremento. Ao todo, são quatro veículos de linhas troncais e sete de linhas alimentadoras a mais.

O número de viagens também foi aumentado. Durante todo o dia de ontem (19), equipes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito monitoraram o andamento do sistema e identificaram os problemas ocorridos. 

O diretor de Transportes Públicos da Strans, Francisco Nogueira, considera que o movimento nesse segundo dia de operação foi melhor. “Desde cedo estamos nas ruas para verificar se as ordens de serviços estão sendo cumpridas e o que está sendo verificado estamos resolvendo logo. Fizemos um reforço nos números de viagens dos ônibus e ainda incorporamos mais quatro carros troncais e sete alimentadores, com isso conseguiremos atender melhor a todos”, enfatizou.

A Strans entende que a população está ainda se adaptando ao novo sistema e todos os problemas serão sanados, ao longo do tempo. “É preciso realmente que as pessoas se acostumem que os ônibus virão a cada 12 minutos e seguirão pelas avenidas Barão de Gurgueia e Miguel Rosa. Os usuários dos sistema realmente precisam de um tempo de maturação, mas à medida que forem entendendo o novo sistema começarão a ficar mais tranquilos com o serviço”, disse.

Nogueira reforça que o sistema está sendo monitorado em tempo real. “Estamos trabalhando e fazendo todos os ajustes necessários para que a operação aconteça da melhor maneira possível. Faremos todas as correções necessárias para atender da melhor foram a população”, explicou.

Tanto as plataformas dos Terminais de Integração quanto as estações de transbordo são equipadas com dispositivos de segurança e de acessibilidade. É necessário manter a atenção no momento de atravessar os corredores, sempre utilizando as faixas de pedestres que existem em cada estação. Os semáforos também, que estão próximos às estações, são equipados com botoeiras para serem utilizadas por portadores de deficiência, inclusive com dispositivo sonoro. "Pedimos que as pessoas atravessem as avenidas nas faixas de pedestres para a segurança de todos", finalizou.

Com informações da Semcom

 

 

Sidebar Informações