Teresina inicia vacinação contra Covid-19 na população em situação de rua

Por: Veridiana Carvalho

Ao total, o Centro Pop cadastrou 170 pessoas em situação de rua e que já estão com a segunda dose da vacina agendada para o dia 15 de julho deste ano

Teresina inicia vacinação contra Covid-19 na população em situação de rua Fotos: Ascom Semcaspi

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), iniciou na manhã desta terça-feira (15) a vacinação da primeira dose contra a Covid-19 na população em situação de rua, no Centro Pop, localizado no Centro da Capital. A ação é uma parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), que disponibilizou doses da vacina Coronavac.

Ao total, o Centro Pop cadastrou 170 pessoas em situação de rua e que já estão com a segunda dose da vacina agendada para o dia 15 de julho deste ano.

Segundo o secretário da Semcaspi, Márcio Allan, uma das metas da gestão do Doutor Pessoa é melhorar as condições de vida e ampliar o atendimento à população em situação de rua.

“A gestão do Doutor Pessoa tem a preocupação em cuidar de gente, e com o olhar sensível para as pessoas em vulnerabilidade social. O início da vacinação para esse público é fundamental para protegermos essas pessoas que já vivem com grande dificuldades sociais. O Centro Pop que faz atendimento diário desta população, realizou o levantamento dos assistidos, para que fosse possível a contabilização das doses necessárias”, pontou o secretário.

Rosimeire Teixeira Lima, que é uma das contempladas com a vacina, conta que estava aguardando, ansiosamente, por este momento. “Eu dormi bem pouco, pensando nessa vacina de hoje. Acredito que as coisas vão melhorar muito, mais ainda com a segunda dose. Se toda pessoa tomar a atitude de se vacinar, voltaremos ao normal o mais rápido possível”, ressaltou.

Para Emanuel Rodrigues da Silva, um dos vacinados, a imunização contra a Covid-19 representa esperança para dias melhores.

“Minha expectativa de estar tomando a vacina é como todo brasileiro fala, é uma esperança. As coisas já eram difíceis e com a pandemia piorou, principalmente, para os moradores de rua. Com a vacinação, a gente acredita que vai melhorar as coisas”, pontuou.

 

 

Sidebar Informações