Conteúdo principal da notícia

Ataque a assentamento deixa três feridos na zona rural

Ataque a assentamento deixa três feridos na zona rural

Um ataque de 20 seguranças aos invasores de terreno de 220 hectares no povoado Borborema aconteceu por volta das 18h desta sexta-feira, na zona rural de Teresina e a 28Km do centro da cidade, próximo da nova ponte sobre o rio Poti, do anel viário, que liga as rodovias BRs 316 e 343 resultou em uma pessoa baleada, três pessoas feridas, um veículo modelo Renault e uma motocicleta incendiados, que eram dos invasores.

Esta não foi a primeira vez que seguranças do terreno tentam tirar à força os invasores. No domingo passado, dois seguranças já haviam feito ataques a invasão disparando seis tiros contra um veículo Fiat Uno de um dos invasores do terreno, chamado Fernando, que terminou baleado no ataque das 18h desta sexta-feira (2). Ele está internado no HUT (Hospital de Urgência de Teresina) e tem ferimentos na perna direita causada por pancadas de pedaços de pau desferidas pelos seguranças do terreno.

“Eles queriam me espancar, mas eu disse para não me tocarem porque não ia dar certo. Ele me puxaram no braço, me chamaram de rapariga e fuleira”, declarou a dona de casa Francisca Maria que está na ocupação a três meses que atualmente mora no Todos os Santos.

As terras invadidas pertecem ao Banco do Nordeste (BNB), foram tomadas pois o antigo dono não pagou as hipotecas do terreno. Ocupam o lugar 110 famílias para fazer suas casas. Durante o ataque foram destruídos três barracões de palha e cerca de 10 casas.

Segundo os assentados este é o terceiro ataque que os capangas fazem ao assentamento.

Compartilhe:

Sidebar Informações

Destaques