Conteúdo principal da notícia

Nível dos rios de Barras sobe 2 cm por hora após desvio de água da Barragem do Bezerra

Nível dos rios de Barras sobe 2 cm por hora após desvio de água da Barragem do Bezerra

Com a liberação da água da Barragem do Bezerro, em José de Freitas, o nível da água dos rios de Barras subiu 8 cm no início da manhã desta terça-feira (10) e sobe mais 2 centímetros a cada hora. Diante da situação, foi criado na cidade um gabinete da crise, onde está a postos e monitorando em tempo real a situação dos rios.

Um plano de ação já foi realizado para proteger as famílias que moram nas proximidades dos rios no sentido de impedir que possa sofrer consequências mais graves. O Exercito Brasileiro chegou à cidade de Barras para acompanhar a cheia dos rios na região. No total, foram designados 46 homens, quatro caminhões e uma ambulância para dar suporte à ação.

Segundo o coordenador de comunicação da Prefeitura de Barras, Samuel Monte, é possível que a situação de 2009 se repita este ano. A previsão do tempo INPE/Cptec registra chuvas diariamente.

O governador Wellington Dias está trabalhando em conjunto com os municípios de Joca Marques, Luzilândia e Cabeceiras. “Fizemos um alerta em relação ao município de Barras. Em Teresina estamos acompanhando o Rio Parnaíba”, disse ele.

A situação, de acordo com o governador, requer cuidados já que a previsão é de mais chuva na região. “É uma situação que exige todos os cuidados. Ainda continua chovendo nesta região. Há previsões de chuvas para esta terça-feira, portanto, há necessidade de seguirmos acompanhando todas as equipes. A minha gratidão a todas as pessoas que estão atuando na área. Colocamos abrigo à disposição da comunidade e vamos seguir colocando todo o apoio”, finalizou.

 

Com informações do Portal Longah

Compartilhe:

Sidebar Informações