AGESPISA faz rodizio de fornecimento de água em Pedro II

Por: Sucursal em Pedro II-PI e Lagoa de S. Francisco-PI

População não é informada do cronograma do rodizio pela a AGESPISA na cidade de Pedro II

AGESPISA faz rodizio de fornecimento de água em Pedro II AGESPISA em Pedro II (foto: redação 45graus Pedro II)

Desde o mês de outubro, a AGESPISA em Pedro II adotou um sistema de rodizio programado de abastecimento na cidade de Pedro II. Entretanto, uma falta de um órgão oficial de comunicação da estatal para fazer essa ponte até a comunidade, tem deixado os moradores atônitos e sem qualquer informações sobre o assunto.

A gerência de operações da Estação de Tratamento de Água (ETA), em Pedro II, tem definido o rodizio de fornecimento por setor e por tempo de duração. Há algumas semanas, o sistema opera o abastecimentos de 48 horas num setor e noutro também.

Conforme informações do agente administrativo da AGESPISA, chamado setor 1, compreende a caixa dagua do centro da cidade, abrangendo além do centro os bairros: Caixa D’agua, Boa Esperança, Santa Fé, Saborá, Campestre, Capelinha.  O outro setor 2 compreende a caixa dagua da Vila, abastecendo a Vila Operaria, Vila Kolping e os bairros São Francisco, Areia Brança, Chapadinha, Flor de Lis e boa parte do Cristo Rei.

Nestes dias 15 (quarta-feira) e 16 (quinta-feira) está sendo feito o abastecimento no setor 1 do centro da cidade. No dia 17 (sexta-feira) e 18 (sábado) é a vez do setor 2, da grande Vila. Já no próximo dia 19 (domingo) e 20 (segunda-feira) volta novamente o abastecimento do setor 1 e assim sucessivamente.

Mesmo adotando o rodizio, muitos moradores se queixam de não receber a agua há vários dias.

Existe a informação que a AGESPISA conseguiu o uso do poço da Colônia de pescadores que fica localizada nas proximidades da Orla do Açude Joana para ser interligada ao sistema adutor. Informações dão conta que esse poço tem a vazão de 30 mil litros de agua por hora. É aguardada a perfuração de um poço com uma perfuratriz da própria AGESPISA próximo a capela de Santa Maria Alves e espera-se também uma boa vazão.

Atualmente, apenas 4 poços e a fonte Pirapora estão sendo utilizados para abastecer a população da área urbana de Pedro II, com apenas 92 mil litros por hora. O consumo de Pedro II é de 216 mil litros por hora.

 

 

 

Tópico: Pedro II

Sidebar Informações