TRE-PI nega recurso de Padre Walmir em processo eleitoral

Por: Rodrigo Antunes

Defesa do prefeito pedia mandado de segurança para periciar fotos e áudios apresentados pela coligação adversária.

TRE-PI nega recurso de Padre Walmir em processo eleitoral Prefeito de Picos, Padre Walmir.

Em decisão proferida nesta segunda-feira (30) o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), foi negado o pedido de mandado de segurança proposto pela defesa do prefeito de Picos, Padre Walmir Lima (PT) e seu vice, Edilson Carvalho (PTB).

O pedido da defesa era para que fosse realizada perícia nas fotos e áudios apresentados na ação pela coligação “Pra Cuidar de Nossa Gente”, encabeçada pelo empresário e adversário na última campanha, Gil Paraibano (PP).

A coligação oposicionista pede a cassação do prefeito e do vice por abuso de poder política e econômico na eleição de 2016. A defesa do prefeito de Picos alega que as fotos utilizadas pela coligação adversária contém edições ou trucagem em seu conteúdo, fato rechaçado pelo tribunal.

Mesmo assim os advogados entraram com pedido de mandado de segurança, também negado pelo juiz Airton Medeiros de Sousa, da 62ª zona eleitoral, por ser desnecessária.

 

 

Sidebar Informações