Audiência: Wellington debate previdência com senador Ciro Nogueira

Por: Francisca Pinto

O crescimento da economia e as políticas sociais também foram pontos abordados.

Audiência: Wellington debate previdência com senador Ciro Nogueira Foto: Ascom

Nesta sexta-feira (09), o governador Wellington Dias recebeu em audiência no Palácio de Karnak, o senador Ciro Nogueira. Durante o encontro, debateram sobre a previdência e, além disso, trataram sobre pautas federativas como economia, políticas sociais e novos investimentos.

O governador destacou a importância da atuação do Senado Federal na construção de alguns temas, tais como o da previdência. "A proposta que está lá não é viável, há a necessidade de se trabalhar com a regra de cálculo atuarial, baseado no compromisso total dos planos com seus participantes. Dentro da regra desse cálculo, temos uma solução para o presente e para o futuro", disse Wellington.

O crescimento da economia e as políticas sociais também foram pontos abordados. "Ter alternativa para o país gerar emprego e renda e fazer a economia girar. Não temos como suportar medidas para conter despesas sem ter medidas para fazer a economia crescer. A receita não pode cair, pois desequilibra de novo. Quanto a parte social, é preciso evitar providências que possam atingir o fundo relacionado à saúde e educação para não desequilibrar Município e Estado. Já estamos tratando no Supremo de algumas medidas tomadas pelo governo federal que prejudica Estados e Municípios no que diz respeito aos recursos do Fundo de Participação dos Estados", explicou Dias.

Ainda segundo o chefe do Executivo piauiense, outra pauta que depende muito do Senado é a da cessão onerosa, que se trata de um contrato firmado em 2010, em que o governo cedeu uma parte da área do pré-sal para a Petrobras, que teve o direito de explorar bilhões de barris de petróleo. "O dinheiro está ficando todo com a União e os Estados e Municípios terão prejuízo, pois haverá uma dedução do total do imposto de renda. Nós sugerimos uma compensação e ficou estabelecido que 15% do total seriam repassados aos Estados e Municípios", pontuou o governador.

Por fim, novos investimentos para o Piauí também foram foco da reunião. "Diversas obras hídricas estão sendo retomadas no estado e vim conversar com o governador sobre as prioridades para que o Piauí receba os investimentos. Tratamos de um cronograma para acertar algumas liberações que temos por parte do governo federal e vamos ter agenda com a Caixa Econômica e Ministério da Integração para garantir a execução das obras", finalizou o senador Ciro Nogueira.

 

Com informações da Ascom

 

 

Sidebar Informações