Deputado encaminha ao TCE pedido de auditoria no transporte escolar do PI

Por: Francisca Pinto

O requerimento foi rejeitado pela Assembleia Legislativa por recomendação do líder do governo, João de Deus.

Deputado encaminha ao TCE pedido de auditoria no transporte escolar do PI Rubens Martins/Foto: Francisca Pinto

O deputado estadual Rubens Martins, em conversa com jornalistas na manhã de hoje (09), ele, juntamente com os deputados Robert Rios, Gustavo Neiva e Firmino Paulo estiveram no Tribunal de Contas do Estado (TCE), para apresentar um pedido de auditoria sobre o transporte escolar contratado pela Secretaria de Educação do estado (SEDUC).

O requerimento foi rejeitado pela Assembleia Legislativa por recomendação do líder do governo, João de Deus. De acordo com o deputado, as rotas para atender os 52 mil alunos do Piauí, rodando 122.602 Km por dia, o governo pagou R$ 122 milhões somente no ano passado.

“É estranho, isso é mais um ponto e nos chama atenção e garante a convicção que temos que de que há muitas irregularidades. Foram gastos em 2016 uma soma de R$ 121 milhões com transporte escolar. Desse apenas 5,8% aplicados em convênios com prefeituras, que são instituições, o restante tudo aplicado com empresas terceirizadas. Recebemos algumas denúncias do interior, estamos convictos de que tem irregularidades por isso apelamos para o tribunal já que o governo tem medo de uma auditoria”, esclareceu o deputado.

O deputado ainda afirmou que o TCE foi positivo ao receber o pedido de auditoria e acredita que logo receberão esclarecimentos sobre o assunto. “Sinalizaram positivamente, porque já estão acompanhando ao longo dos anos a evolução de contratação de empresas terceirizadas e por isso já tem uma sinalização de irregularidades e com esse pedido certamente nós vamos chegar logo aos esclarecimentos devidos”, disse.

Sobre o assunto, o deputado João Deus afirma que o número de alunos aumentou bastante nos últimos anos e isso aumentou o custo para o governo. Ele ressalta que a Secretaria de Educação está analisando a procedência da denúncia feita pelo deputado.

“A demanda de alunos no Piauí cresceu muito, aqui nós tínhamos cerca de 220 mil alunos na rede pública no final do governo do Zé Filho, hoje nós aumentamos para 320 mil alunos, através da campanha que o Governo fez para todas as áreas, então muitos alunos que voltaram para a escola pública trouxe um grande, do ponto de vista financeiro, via Fundeb, muitos desses alunos são de zona rural distante que abandonaram a escola por falta de acesso, então com essa campanha o Governo teve de expandir esse transporte escolar para garantir o direito deles de estudar e consequentemente mais gastos, mas esse é um aumento natural. Quando você pega o número de aluno e divide pelo numero de transporte escolar por dia, nos encontramos um per capita de R$ 7,00 e hoje é 8,00 R$ por aluno, dia. O que esta dentro daquilo que é compreensível, portanto é mais uma denuncia da oposição, é uma queixa do deputado em relação a cidade dele. A secretaria hoje está avaliando a denúncia feita”, disse.

 

 

Sidebar Informações