Edson Melo diz que presidente Temer deveria renunciar

Por: Juliana Gomes

Deputado estadual do PSDB afirmou que melhor solução seria que um técnico, como o economista Henrique Meireles assumisse a presidência até 2018.

Edson Melo diz que presidente Temer deveria renunciar Edson Melo afirma que escândalos abalam toda classe política.

Após a divulgação de mais um escândalo envolvendo políticos nacionais, o clima na Assembleia Legislativa do Piauí é de consternação. Dessa vez, as delações atingiram o presidente do país, Michel Temer e o senador Aécio Neves (PSDB). O deputado Edson Melo (PSDB) avaliou a repercussão das delações.

“Nós estamos vivendo um caos político já há um tempo e isso só veio a agravar. A situação não é ruim para partido A, B ou C, é com relação a classe política como um todo. No meu entendimento, eu acredito que essa própria conjuntura de eleição, essa legislação eleitoral forma e seja a esse tipo de contato entre empresários e políticos e isso é muito ruim para a classe política como um todo”, disse.

O deputado também relatou como ele acha que deveriam ser tomados os rumos na política até as eleições de 2018.

“Nós temos uma solução que o presidente Temer renunciasse, como estão praticamente impedidos constitucionalmente de assumir os presidentes da Câmara e do Senado, assumiria a presidente do STF, a ministra Carmén Lúcia e promoveria uma eleição indireta na qual deveria haver um consenso para se eleger um técnico da política, eu cito até o nome do economista Henrique Meireles, que não tem nenhuma delação contra ele, é respeitado por todos os partidos políticos, inclusive por toda a comunidade brasileira e internacional, cumpriria o mandato até 2018. Então, isso é uma saída, porque nossa preocupação não é com partido, apesar de nós sermos do PSDB, do Senador Aécio está envolvido diretamente nesse escândalo, o presidente Temer, nós não estamos aqui em defesa de ninguém, como nós condenamos os petistas e as esquerdas de defenderem o ex-presidente Lula, ex-presidente Dilma que estão todos envolvidos em escândalo”, finalizou.

Com informações do repórter Rodrigo Antunes.

 

 

Sidebar Informações