TRE-PI mantém cassação dos mandatos do prefeito e vice de Ribeira do Piauí e convoca novas eleições

Por: Portal 45 Graus

O motivo foi captação ilícita de voto e abuso do poder econômico

TRE-PI mantém cassação dos mandatos do prefeito e vice de Ribeira do Piauí e convoca novas eleições Foto: divulgação

Em sessão realizada na manhã desta segunda-feira (10), o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) manteve a sentença do Juiz da 72ª Zona Eleitoral, Ronaldo Paiva Nunes Marreiros, que em maio de 2019 cassou os mandatos de Arnaldo Araújo Pereira da Costa (PRTB), prefeito, e Maria Leônidas Teles de Melo (PRTB), vice-prefeita, de Ribeira do Piauí-PI.Com essa decisão, uma nova eleição será realizada no município. 

Em sua sentença, o juiz eleitoral da 72ª Zona reconheceu que o prefeito e a vice-prefeita fizeram uso da captação ilícita de voto e cometeram abuso do poder econômico praticado, em face da distribuição de dinheiro e material de construção (telhas), bem como pagamento de 44 passagens aéreas à empresa Azul no valor de R$ 70.000,00 (setenta mil reais) de São Paulo para Teresina-PI (ida e volta) em 30/09/16, véspera da eleição, a fim de que esses 44 eleitores que moram em São Paulo chegassem a tempo de votar no candidato Arnaldo Araújo.

Segundo as denúncias, além do pagamento das passagens aéreas e distribuição de material de construção, os investigados alugaram também um ônibus para transportar esses eleitores do aeroporto de Teresina para o município de Ribeira do Piauí, assim como a volta deles para o aeroporto de Teresina, no mesmo ônibus, para retornarem para São Paulo.

Para o relator do processo no TRE-PI, o juiz de primeiro grau foi muito bem em sua decisão pois as provas carreadas nos autos são indiscutíveis, como fotos de eleitores dentro de do ônibus, bilhetes de passagens aéreas; código localizador da companhia; fotos de supostos eleitores dentro do avião; print de conversa em aplicativo de rede social em que um suposto eleitor admite que recebeu passagem para ir votar em Ribeira do Piauí; documento encaminhado pela AZUL; documento encaminhado pela READ Serviços Turísticos S/A; e áudio em que a eleitora Raimunda de Carvalho afirma ter recebido material de construção em troca de voto.

 

 

 

 

Sidebar Informações

Destaques