Wellington empossa sete novos gestores no Governo

Por: Rodrigo Antunes

Reforma administrativa põe mais aliados de Wellington ao seu lado no governo. Posse de Pablo Santos ainda será marcada pelo Palácio.

Wellington empossa sete novos gestores no Governo Solenidade de posse no Palácio de Karnak. Foto: João Albert

Foram nomeados no final da manhã desta segunda-feira (20) os novos integrantes da reforma administrativa do governo Wellington Dias (PT).

Os indicados, quase todos pelo PMDB, foram empossados em cargos de coordenadoria  afim de acomodar os novos aliados do governo e virtuais aliados para eleição 2018. Participaram da solenidade o governador, o senador Ciro Nogueira (PP), deputados, vereadores, amigos e familiares dos empossados.

Os mais esperados eram Paulo Martins (PT), ex-prefeito de Campo Maior que assume a Fundespi, e o deputado estadual Pablo Santos (PMDB), que assume a Fundação Hospitalar do Piauí. Pablo, no entanto, só deverá se desligar oficialmente da Alepi após ser aprovada uma emenda estadual que garanta sua ida para cargo de segundo escalão.

Também assumiram cargos no governo o ex-deputado federal e delegado da Polícia Civil, Marllos Sampaio (PMDB), que assume o Programa Mais Vida com Cidadania para o Idoso); o ex-diretor da Sudene, Luiz Gonzaga Paes Landim, que assume o Programa do Agronegócio e dos Cerrados; o professor da Universidade Federal do Piauí, Mário Ângelo Sousa, agora ocupa o Programa de Educação por Meio de Mediação Tecnológica; o ex-prefeito de Novo Oriente, Marcus Vinicius Cunha Dias assume o Programa de Modernização e Qualificação de Empreendimentos Públicos; Avelar Ferreira assumiu o Programa de Tecnologia e Inovação e o advogado Leonardo Sobral Santos que cuida do Programa de Combate à Pobreza Rural.

O argumento do governo para a criação de tantos ‘programas’ dentro das pastas foi de que assim seria uma forma de otimizar os gastos do governo bem como desenvolver áreas estratégicas. O quadro de pessoal, segundo o Palácio de Karnak, será preenchido com remanejamento de servidores de outras secretarias para estes novos espaços. O governo ainda irá marcar a data da posse de Pablo Santos e outros coordenadores da gestão.

 

 

Sidebar Informações