Luciano Leitoa é condenado e perde direitos políticos por 8 anos

Luciano Leitos e os demais réus foram condenados por irregularidades administrativas e falta de fiscalização da obra pela administração pública.

Luciano Leitoa é condenado e perde direitos políticos por 8 anos Foto: reprodução Google

O prefeito de Timon, Luciano Leitoa foi condenado em uma ação civil de Improbidade Administrativa do Ministério Público do Maranhão. A decisão, do juiz de direto da Vara da Fazenda Pública, Weliton Sousa Carvalho, torna o prefeito inelegível por oito anos.

O processo, de N° 5396-65.2013.8.10.0060, tem como réu, alem do prefeito Luciano Leitoa, o exs-secretários de Insfraestrutura Helder Pontes Gomes e Dolival Pereira de Andrade, Construtora Pereira e Lobo Ltda, Semíramis Antão de Alencar da comissão de Licitação e o ex-vereador Kennedy Robert Pedreira Gedeon.

Luciano Leitos e os demais réus foram condenados por irregularidades administrativas e falta de fiscalização da obra pela administração pública.

A denúncia do Ministério Público foi baseada em desvios encontrados na licitação e no contrato da obra de recuperação de estrada vicinal, localizada no Distrito Castelo, em Timon. De acordo com a denúncia, o contrato para execução da obra ultrapassou R$ 1 milhão.

 

Fonte: O Imirante

 

 

Sidebar Informações

Destaques