Ministro lança conversão de multas para melhorias na Bacia...

Ministro lança conversão de multas para melhorias na Bacia do Rio Parnaíba

Por: Rodrigo Antunes

Evento aconteceu em Timon na última sexta-feira e deverá levantar recursos para revitalizar rios da Bacia do Rio Parnaíba.

Ministro lança conversão de multas para melhorias na Bacia do Rio Parnaíba Ministro do Meio Ambiente Sarney Filho. Foto: Rodrigo Antunes

Na tarde desta sexta-feira (23) esteve em Timon o Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, acompanhado da presidente do Ibama, Suely Araújo, onde juntamente com autoridades do Maranhão e Piauí lançaram o chamamento público para a conversão das multas do Ibama nas Bacias do Rio São Francisco e do Rio Parnaíba.

O ministro e a presidente do Ibama foram recepcionados em Timon pelas vereadoras Professora Socorro (MDB) e Professora Cláudia Regina (PMB), que cumpriram agenda em outros eventos no município. Marcaram presença ainda o prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB), do deputado estadual do Maranhão Rafael Leitoa, o secretário de estado do meio ambiente do Piauí, Ziza Carvalho e representantes de organizações civis locais.

Ministro chega ao IFMA acompanhado da vereadora Professora Socorro (MDB). Foto: Rodrigo Antunes

A conversão de multas ambientais é amparada em lei (Lei nº 9.605/1998) e ao longo de muitos anos não era posta em prática, deixando muitas empresas pendentes quanto a quitação de multas ambientais. Agora, com a conversão, estas empresas poderão realizar o pagamento por meio de serviços e obras de preservação, melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente.

Segundo o ministro Sarney Filho, o lançamento do edital só foi possível graças às primeiras ações do Governo Federal em buscar o reparo das empresas. Nos últimos 10 anos apenas 5% das multas ambientais foram pagas pelas empresas, fato agravado pela crise financeira dos últimos anos.

Autoridades comparecem ao evento em Timon. Foto: Rodrigo Antunes

“Agora, mais importante do que conversão de multas, do que recursos, é a ação. Revitalizar a bacia do São Francisco e a bacia do Rio Parnaíba é muito importante. A gente que mora aqui, principalmente, as pessoas que moram na beira do Rio sabem o quanto esse rio está sendo agredido”, disse Sarney Filho.

Apesar do período chuvoso, que dá aparência de vitalidade do Rio Parnaíba, o ministro destaca que é preciso manter atenção, já que além da qualidade da água é preciso preservar os mananciais para que a quantidade se mantenha para os tempos de escassez.

Conversão de multas do Ibama. Foto: Rodrigo Antunes

“Hoje não temos mais que cuidar só da qualidade da água, mas também da quantidade da água, recuperar as nascentes, recuperar as matas ciliares na beira dos rios. Um mundo com quase 8 bilhões de habitantes, aquilo que se retira da natureza ela já não consegue repor, então temos que tratar nossos rios e as águas”, destacou o ministro.

A vereadora Professora Socorro destacou o pioneirismo no edital de recolhimento dos recursos para a bacia do Rio Parnaíba e Rio São Francisco, e elogiou a iniciativa do ministro.

Ministro explica detalhes da conversão de multas. Foto: Rodrigo Antunes

“Essa é uma causa de preservação e recuperação da rede hídrica de nossa região Nordeste. Portanto, o ministro foi muito feliz de fazer esse edital de lançamento de recolhimento desses recursos federais, através de multas para investir e fazer novos projetos e programas de recuperação do Rio Parnaíba”, disse a vereadora.

 

 

Tópico: rio parnaíba

Sidebar Informações