TCE julga irregular contas do Hospital Regional de Valença

Por: Francisca Pinto

Dentre as irregularidades constatadas estão a ausência de licitação e acumulação ilegal de cargos

TCE julga irregular contas do Hospital Regional de Valença Hospital Regional Eustáquio Portela de Valença do Piauí

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), julgou irregular as contas do Hospital Regional Eustáquio Portela de Valença do Piauí, no exercício de 2015. Na época, o diretor da unidade de saúde era José Adão da Silva Filho.

Dentre as irregularidades constatadas pela Diretoria de Fiscalização da Administração Estadual (II DFAE) estão a ausência de licitação, acumulação ilegal de cargos, exercício ilegal da medicina por médico contratado, pagamento a prestadores de serviços com notas fiscais inidôneas, atraso no envio das prestações de contas mensais e irregularidades constatadas no laboratório, na cozinha, na lavanderia e no setor de fisioterapia.

Diante das irregularidades encontradas, José Adão da Silva Filho foi condenado a pagamento de multa a ser recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas – FMTC, no prazo de 30 (trinta) dias.

Ficou decidido ainda, a comunicação do fato ao Ministério Público Estadual, para as providências cabíveis, acerca da falha relativa ao exercício ilegal da Medicina do médico Rodolfo Carvalho.

 

 

Sidebar Informações